Sobrinha-neta de Sarney foi estuprada antes de ser assassinada


A sobrinha-neta do ex-presidente da República José Sarney, Mariana Costa, de 33 anos, foi estuprada antes de ser assassinada pelo cunhado, o empresário Lucas Porto, de 37, segundo informou a Polícia Civil do Maranhão. Os laudos periciais foram apresentados nesta quarta-feira, 23, na sede da própria Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA).

O assassino confesso vai responder por três crimes: estupro, homicídio e feminicídio.
 
O empresário Lucas Leite Porto foi
preso após prestar depoimento
De acordo com o secretário de Segurança Pública, Jeferson Portela, o crime foi extremamente violento. "Foi um crime cometido com extrema violência e crueldade contra uma mulher, sem chances de defesa. Ele podia ter ido embora quando ela estava apenas desmaiada, mas ele a sufocou usando um travesseiro", disse.

As investigações policiais apontam que Mariana estava dormindo e despida quando o cunhado entrou em seu apartamento. A polícia concluiu que ele a estuprou, depois a esganou e por fim a asfixiou. Houve luta corporal.

O aconteceu em 13 de novembro, no condomínio Garvey Park em São Luís.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis