Atoleiros impedem chegada de combustível a Aripuanã

A chuva que durou quatro dias em Aripuanã (947km de Cuiabá) provocou grandes atoleiros nas vias de acesso e com isso dificultou a chegada de cargas de combustível. Dos quatro postos da cidade, apenas o posto localizado no Centro da cidade ainda tem alguma reserva. Na manhã desta segunda-feira (19) formou-se uma longa fila de condutores apreensivos para garantir o abastecimento.

O taxista Manoel Pinheiro disse ao Circuito Mato Grosso que a expectativa é de que até o final da tarde de hoje ou amanhã chegue uma carga para repor o estoque. “Eu enfrentei a fila e conseguir encher o tanque”, comemorou.

A BR 174, que liga Castanheira a Colniza, é a mais prejudicada pelas fortes chuvas, problema que ocorre todos os anos neste período sem que haja uma solução. Além de combustível, também demora a chegar nas cidades da região alimentos e outras cargas essenciais para o dia a dia da população.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra