Vereadores aumentam próprio salário e são atacados com esterco pelo povo

Acha que os políticos têm feito muita merda contra o povo e queria dar o troco de alguma forma? Pois veja o exemplo: o plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Campina Grande (PB) amanheceu com um cheiro, no mínimo, desagradável. Manifestantes espalharam cerca de 100 quilos de esterco no hall de entrada e na rampa de acesso da instituição.

O movimento, composto por estudantes, foi em protesto à total falta de noção no trato da população, por conta do momento em que vive o país. Um projeto aprovado na manhã da última quarta-feira (14/12), deu reajuste salarial de 26,3% nos salários dos parlamentares.

Luiz Felipe Nunes, estudante de direito, acredita que a decisão dos parlamentares é um absurdo, especialmente se for levada à diante;.

O reajuste salarial e concessão de 13ª salário aos vereadores foi apresentado pela Mesa Diretora da Câmara e aprovado por 14 votos a zero. O novo presidente da Câmara vai ganhar R$ 22.700,00. Além disso, também implantaram o 13º salário para os vereadores. O custo disso? R$ 900 mil por ano.

Em resposta, o presidente da Câmara, Pimentel Filho (PSD), disse que vai entrar na justiça contra os manifestantes por depredação ao patrimônio público. Ele comunicou, ainda, que não vai revogar o reajuste. Em relação à implantação do 13º, Pimentel explicou que várias Câmaras espalhadas pelo país já implantaram o benefício e que também não vai revogar.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis