‘Prostituta’ é eleita vereadora. É preconceito?


Da Redação
A grande novidade dessas eleições – noves fora quem foi eleito e preso em seguida – é conhecida apenas em Manacapuru, a “Princesinha do Solimões”, a uns 80 km de Manaus, capital do Amazonas. Francisca Ferreira da Silva, 32 anos, tomou posse neste domingo como vereadora – a quarta parlamentar mais votada da cidade, a vereadora líder de votos, com 1.722. Contribuições para a campanha, só de pessoa física: taxistas, mototaxistas, pequenos comerciantes. Marqueteiro, nem pensar. Pensa no futuro da população mais pobre de Manacaparu.
Ah, ninguém a conhece pelo nome, mas pelo apelido, Coroca (na foto), que usou como prostituta.
É preconceito? Não! É dignidade. Uma prostituta que virou vereadora e vai trabalhar pelo povo.
Nada demais! O mais seria preconceito.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis