Judiciário e MP desenvolvem projetos para auxiliar na recuperação de presos em Colniza

Por Dorjival Silva

Judiciário e Promotoria de Justiça de Colniza estão desenvolvendo vários projetos sociais visando auxiliar na recuperação de detentos e menores infratores do município.

Um desses projetos é o BLOQUETE (blocos pré-moldados de concreto, para utilização em pavimentação) que vem sendo fabricados pelos reeducandos.

Além de fabricar o bloquete, os presos também auxiliam as equipes de trabalho da prefeitura nos serviços de recuperação de calçadas, praças e outros logradouros públicos da cidade.

O promotor de Justiça de Colniza, Willian Oguido Ogama, estuda implantar outros projetos sociais como Projeto da Sala de Estudos, Projeto Verde é Vida, Projeto da Venda de Artesanatos dos Reeducandos na Feira Municipal de Colniza e Projeto Reinserção do Reeducando por meio do Trabalho prestado em creches da cidade.

A ação beneficia diretamente os recuperandos, visto que por cada três dias de trabalho eles ganham  um dia de remição de pena. Já em relação aos menores a aplicação de remição é condicionada ao cumprimento de medidas socioeducativas de prestação de serviço à comunidade.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra