MT: Polícia suspeita que dinheiro desviado da Sefaz bancou campanha

A delegada Cleibe Aparecida de Paula, da Delegacia Fazendária (Defaz),  informou, nesta quarta-feira (21), que vai intimar servidores da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) a prestarem depoimento sobre o suposto esquema de desvio de R$ 85 milhões da Conta Única do Estado de Mato Grosso.

A suspeita é de que esses servidores - que não tiveram as identidades reveladas - podem estar envolvidos na fraude, que culminou na prisão de 33 pessoas jurídicas durante a Operação BBPag, deflagrada no último dia 15.

A delegada disse que parte do dinheiro pode ter sido usado para financiamento de campanhas políticas. Mas não citou nomes de possíveis beneficiados.

A investigação, segundo ela, está sob segredo de Justiça.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis