Eni Marines Rosa de Barros, acadêmica de Direito, é presa sob suspeita de participação em assalto em Diamantino

 DA REDAÇÃO

Uma estudante de 21 anos, do curso de direito da Universidade do Estado de Mato Grosso, foi presa na última semana, no município de Diamantino (208 km ao Médio Norte de Cuiabá), por supostamente ter participação no assalto de uma loja de eletrodoméstico, que resultou na morte do sargento da PM Joilson Antônio Martins, de 45 anos.

A delegada do caso, Vanessa Aguiar, afirmou que a suspeita, Eni Marines Rosa de Barros, é funcionária do estabelecimento, e teria passado informações sobre a chegada de uma carga de aparelhos celulares para os assaltantes.

A delegada disse que pediu o mandado de prisão temporária da suspeita, que foi decretado pela Justiça, e cumprido pelos policiais na quinta-feira passada (12).

O crime aconteceu na tarde do dia 20 de outubro, quando os três assaltantes invadiram a loja e roubaram vários aparelhos eletrônicos e R$ 7 mil. Durante a fuga, o sargento Martins tentou deter os criminosos e foi atingido por um tiro na cabeça.

Conforme a delegada, a estudante foi apontada como participante do crime, por um dos criminosos presos. Ela teria um relacionamento amoroso com um dos suspeitos, que está foragido.

A estudante prestou depoimento e foi encaminhada para um presídio do município. A delegada não quis dar mais detalhes da prisão para não atrapalhar as investigações.

O caso
Conforme a Polícia Civil, os criminosos invadiram a loja por volta de 17h30.
Eles renderam os funcionários e levaram R$ 7 mil, além de diversos celulares e relógios.

Ao perceber a fuga dos bandidos, o sargento tentou impedir, mas acabou baleado na cabeça.

Logo depois, os assaltantes roubaram a motocicleta e a arma do militar e escaparam.

O sargento foi transportado de helicóptero até o Pronto-Socorro da Capital, mas faleceu após passar pelo box de emergência.

No mesmo dia, dois homens de 27 e 28 anos foram presos suspeitos de cometerem o crime. Eles já tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça e responderão por latrocínio e roubo.

Outro acusado do caso e namorado da estudante continua foragido.


 Fonte: THAIZA ASSUNÇÃO/MIDIA NEWS

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis