Ministro nega liberdade e Silval Barbosa continua na cadeia até 2016

Ministro nega liberdade e Silval Barbosa continua na cadeia até 2016
 O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido de liberdade em Habeas Corpus do ex-governador de Mato Grosso, Silval da Cunha Barbosa. A decisão, datada desta sexta-feira (18), praticamente encerra as possibilidades do político ser liberado ainda em 2015: no dia 20 de dezembro será iniciado o recesso do Judiciário, perdurando até o dia 6 de janeiro, assim, prazo para interposição de um novo habeas corpus pode restar insuficiente. 

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra