Réu afirma que Nadaf andava de sunga na prisão e pede perícia de sanidade; juíza nega

O ex-chefe de Gabinete de Silval Barbosa, Silvio Cesar Correa Araujo, requereu perícia de sanidade sobre o ex-secretário de Casa Civil de Mato Grosso, Pedro Jamil Nadaf. Argumentando sobre o requerimento, realizado durante audiência em processo da Operação Sodoma,  nesta sexta-feira (21), os advogados de Silvio relataram que o Nadaf costumava transitar de sunga pelo Centro de Custódia da Capital (CCC).

A defesa do ex-chefe de gabinete citou ainda a instauração de um Processo Disciplinar (PAD) contra Nadaf por ações cometidas por ele contra funcionários do CCC. Os lembrentes tentam desmoralizar as confissões feitas a Justiça.

“Não sei se é loucura, mas Pedro só andava de sunga, um dia botou uma mesa atrás da cela achando que alguém iria atacá-lo na prisão”, diz Silvio, que acrescenta. “Ninguém gosta dele”, “meu sangue não bate com o dele”. À sua defesa, Silvio disse que Pedro Nadaf beijou forçosamente uma funcionária do CCC, em outra oportunidade, fez uma cantada em inglês, usando palavras de baixo calão e ainda ameaçado um agente penintenciário dizendo: "O que é seu está guardado".

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra