Índio será julgada por chacina em Juína


Por Dorjival Silva

Em Juína, o indígena Ricardo Vieira Cinta Larga, também conhecido como poeira, irá a júri popular na próxima segunda-feira, dia 3 de abril, sob acusação de ter assassinado cinco pessoas de uma mesma família de trabalhadores rurais do município em fevereiro de 1991.  Ricardo foi denunciado juntamente com o também indígena Aristino Junqueira Churapi, que já faleceu.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, um grupo de índios cinta larga teria invadido a fazenda Damiani em Juína e atirado contra as vítimas. Os corpo de 4 vitimas foram encontrados próximos de onde viviam. Uma quinta vítima, menor de idade, não teve o corpo encontrado, mas supõe-se que também tenha sido morta.

Como disse: essa chacina ocorreu no ano de 1991, em Juína, e somente agora o principal acusado vai sentar no banco dos réus para ser julgado. 

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra