Estudante de arquitetura desaparece após deixar mensagem de despedida no Facebook

Estudante de arquitetura desaparece após deixar mensagem de despedida no Facebook
A estudante de Arquitetura, Kedma Oliveira, 23 anos, desapareceu no fim da tarde desta quarta-feira (03), em Cuiabá, após deixar uma mensagem de despedida no Facebook. Familiares e amigos iniciaram uma campanha na tentativa de encontrar a jovem. Em sua postagem, ela disse amar os pais e pediu para que eles cuidem bem da filha: “Mamãe, tá doendo mais saber que não vou estar presente no primeiro aniversário da Yasmin. Aniversário que eu sonhei tanto em fazer. Só diga a minha filha todos os dias que eu amo ela, que ela não tem culpa de nada”.

 O irmão de Kedma, Willians Vaz, contou que: “Minha irmã saiu de casa era por volta das 18 horas, dizendo que ia para a academia. Ela estava com roupas de ginástica até. Só depois é que vimos que ela tinha postado aquilo e fomos atrás, procurar. Até agora ninguém tem informação e meus pais estão na delegacia para tentar alguma ajuda. Estamos desesperados”. Ela é moradora da região do bairro Jardim Vitória.
 
A amiga da jovem, Saraiely Favaretto, disse que os amigos estão fazendo uma campanha no Facebook para tentar encontrar a jovem: “Se alguém encontrá-la, converse com ela, não deixe que faça nenhuma bobagem. A família está desesperada, ela tem uma filha pequena. Estamos preocupados”. Kedma foi vista pela última vez antes de sair de casa e estava vestindo roupas de academia (uma blusa cinza, calça legging preta com detalhes rosa e tênis rosa, com uma bolsa vermelha pequena)
 
Na postagem, ela pede desculpa para os país e conversa diretamente com a sua mãe, lamentando não poder estar no aniversário da filha: “Mamãe, eu não queria fazer isso, mas tá doendo muito. Eu não sei lidar com isso. Tá doendo muito. Eu não entendo o que eu fiz de tão grave (...) Mamãe, tá doendo mais saber que não vou estar presente no primeiro aniversário da Yasmin. Aniversário que eu sonhei tanto em fazer. Só diga a minha filha todos os dias que eu amo ela, que ela não tem culpa de nada. Ela foi a melhor coisa que me aconteceu”.
 
“Mamãe, eu [estou] decepcionada comigo. Nunca imaginei poder fazer uma coisa dessas. Mas mãe, é mais forte que eu. (...) Sabe mamãe, o que me faz tomar essa decisão é que talvez eu veja novamente minha outra filha, a Alice. Nossa, só Deus sabe o quanto sinto a data dela. Ah queria tanto terminar minha faculdade, dar esse orgulho pra senhora e para o Papai. Me perdoe”, finaliza o texto.
 
O irmão da jovem ainda relatou que a mãe percebeu um comportamento estranho da jovem nesta quarta-feira: “Minha mãe percebeu que ela estava chorando, mas não achou que fosse algo deste tipo”. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro da jovem pode entrar em contato com a polícia, através do 190 ou nos seguintes números: (65) 9 9907-5129, (65) 9 9304-1704 e (65) 9 9990-5919.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis