Senador de MT quer legalizar jogos de azar


Um dos relatores da comissão Agenda Brasil no Congresso Nacional criada para auxiliar o governo federal na recuperação da economia brasileira, o senador Blairo Maggi (PR) declarou que vai apresentar relatório favorável à legalização dos jogos de azar no Brasil. 

A declaração foi dada durante entrevista ai programa Argumento, exibido na TV Senado. 

Jogos de azar são cassinos, bingos e jogo do bicho e são proibidos no Brasil desde 1946 por força do decreto lei 9.215/46. Na avaliação do senador mato-grossense, os tempos são outros e a legislação precisa se adequar a realidade. 

“Pela Internet, brasileiros podem jogar em qualquer cassino do mundo. Diversas barreiras caíram com o tempo e é um tema que não podemos mais fugir. Sou favorável à legalização e vamos aguardar o voto dos demais companheiros”, disse. 

A legalização dos jogos de azar é considerada uma das apostas do governo federal para reverter a crise das finanças públicas. O rombo no orçamento da União pode atingir até R$ 100 bilhões. 

Pelas contas preliminares, a legalização dos jogos do bicho daria um reforço no caixa do governo de uns R$ 20 bilhões. Somado ao corte de gastos idealizado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, daria para melhorar o desempenho das contas públicas a partir de 2017, o que poderia refletir na retomada da capacidade de investimentos do governo federal nos estados e municípios. 

Nos bastidores, a cobrança de impostos advinda da legalização de bingos, cassinos e apostas pela internet tem a simpatia da maioria dos senados. 

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis