26 de julho de 2007

Câmara de Alto Taquari terá que devolver R$ 91,4 mil aos cofres públicos

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou ao presidente da Câmara Municipal de Alto Taquari, Fábio Mauri Garbugio, a devolução de R$ 91,4 mil aos cofres públicos da cidade.

Conforme o TCE, o montante corresponde à verba de representação paga ao próprio parlamentar e subsídios maiores do que os permitidos por lei aos demais vereadores do município.

A determinação consiste em decisão preliminar após análise das contas de 2006 do Legislativo local.

Conforme o voto do relator Valter Albano, o presidente da Câmara terá 15 dias para cumprir a ordem. Esgotado esse prazo, o TCE fará o julgamento final das contas do Legislativo de Alto Taquari.

Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas revela que o líder do Parlamento recebeu o volume mensal de R$ 169,00 a título de verba de representação sem autorização legislativa.

Os desembolsos mensais dos cofres da Câmara resultaram num montante de R$ 2.032,20 ao final de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com