19 de dezembro de 2011

Educação no século XXI



Em um cenário onde pensamos na inserção da tecnologia na educação, o que deve ser repensado? Alteram-se os parâmetros com que a educação deve ser pensada? Que tipo de reflexão deve ter o profesor e que tipo de questionamento cabe a ele instigar em seu aluno?

Professor, autor?


Essa palestra será focada no professor e partirá da seguinte questão: professor é ou não é autor? E o que falta para ele ser autor? Que postura deve assumir o professor autor? E o que ganha a Educação com o professore autor?
Será realizado um debate no formato aquário, no qual os professores tomam parte da atividade e exerçam um papel de protagonista. Nelson Pretto conduzirá o evento, com perguntas e provocações, incitando a discussão do papel do professor em relação ao material educativo.

Desafios da mobilidade - uso de laptops, tablets e celulares na educação



Conforme a 4ª Pesquisa sobre o uso das Tecnologias da Informação no Brasil (TIC Domicílios 2008), realizada pela Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), cada vez mais no Brasil utiliza-se do celular para enviar ou receber imagens, acessar músicas ou vídeos. O celular, os laptops e os tablets, querendo ou não, já se tornaram ferramentas educacionais. Ao professor, resta o desafio: como inserí-las no cotidiano escolar de maneira proveitosa e frutífera para o aprendizado? Esse será o tópico do bate-papo dos nossos convidados para essa atividade, todos com experiências bem-sucedidas em ferramentas educacionais que envolvem mobilidade. Serão abordados os principais desafios da inclusão das mesmas no cotidiano escolar.

7 de dezembro de 2011

Instituto Procede estreia em janeiro com pesquisa política em Tangará da Serra

O recém fundado Instituto Procede realiza em janeiro de 2012 sua primeira pesquisa de opinião na cidade de Tangará da Serra.

Nossos pesquisadores vão descobrir quem é quem na corrida eleitoral rumo ao Palácio Tangará, atualmente ocupado pelo tucano Saturnino Masson.

A pesquisa (totalmente amparada pelas leis brasileiras) buscará descobrir também quais nomes estarão em melhor evidência na corrida por cadeiras na Câmara de Vereadores.

Posição social, sexo, idade e grau de escolaridade também serão revelados do quadro pesquisado.

Aguarde!

O país das corporações

"Foi só o STF declarar a inconstitucionalidade da exigência do diploma de jornalista para o exercício da profissão que muitos políticos de todos os naipes se articularam para reintroduzí-la, dessa vez via emenda constitucional. Se a proposta que tramita no Senado for em frente, o mais provável é que volte a ser analisada pela corte com boa chance de ser derrubada outra vez. A insistência com que se volta ao tema, porém, é reveladora de um dos grandes problemas do Brasil: assombrados por um espírito levemente fascista, não nos vemos como cidadãos de uma República, mas como representantes de uma determinada categoria profissional ou segmento social que seria detentor de "direitos naturais". Nesse esquema, a ação política consiste em inscrever em lei as reivindicações oriundas desses direitos e esperar que o Estado as implemente. Viramos o país das corporações".
(autor: Hélio Schwartsman - Folha de S. Paulo - edição de 06.12.2011). 

BARAFUNDA
E segue o autor acima: "A dificuldade é que, como todo mundo faz o mesmo, o arcabouço legislativo se torna uma barafunda de reivindicações sindicais promovidas a norma geral. Elas são tantas que fatalmente se chocam. É nesse contexto que se inscrevem as guerras entre médicos e enfermeiros em torno das casas de parto ou entre psiquiatras e psicólogos pelo direito de diagnosticar. Pior para os parentes e para a sociedade".
PROJETOS
"Para provar que não exagero, uma rápida consulta a base de dados do Congresso revela dezenas de projetos de regulamentação de ofícios. Apesar da Constituição afirmar que a regra geral é a do livre exercício de profissões, legisladores buscam regular (e portanto restringir) as carreiras de modelo de passarelas., filósofo, detetive, babá, escritor, cerimonialista, depilador, etc. Já resvalando no reino da fantasia, busca-se também disciplinar a ocupação de astrólogo e terapeuta naturista".
PAPAI NOEL
E o autor acima encerra o seu escrito de forma contundente: "Pergunto-me como os nossos parlamentares puderam esquecer de Papai Noel e das indispensáveis fadas". (Pela transcrição).

PARCERIA

Para combater os entraves que impedem a plena eficácia da Lei Maria da Penha, Executivo e Judiciário assinaram ontem um acordo de cooperação técnica em que se comprometeram a adotar medidas em favor da lei. Dados da Secretaria de Políticas das Mulheres demonstram que, apenas em 2011, 42 mil mulheres foram assassinadas, 70% delas em casa.

5 de dezembro de 2011

Traficante chegando primeiro que o educador

Com base em tudo quanto tenho lido, estudado e escutado eu sempre afirmo que o móvel da quase totalidade dos crimes nos dias de hoje tem a droga por trás deles.

Nos últimos tempos esses índices de criminalidade estão num crescendo em nosso meio que chega a impressionar o mais incauto dos cidadãos.

Tanto houve uma incidência maior dos pequenos crimes como também daqueles grandes atos de violência.

E as nossas autoridades até agora têm se mantido, senão imobilizadas, no mínimo paralisadas sem ação porque não sabem o que fazer ou sem saber como agir.

Muitas das famílias ficam mesmo sem ação diante dessa mesma criminalidade sempre temerosas de que as drogas roubem os seus filhos para sempre.

Li recentemente um artigo de um político que dizia que estamos diante de uma situação de alta vulnerabilidade, onde o traficante de drogas chega primeiro que o educador.

Hoje a gente pode observar claramente que o uso da droga se aliou ao crime organizado. Por isso, mais do que nunca estamos necessitados de uma política pública de prevenção ao uso de entorpecentes pelos nossos jovens.

As drogas hoje, como diz o parlamentar, é a química que pode intoxicar o corpo e a alma dos nossos filhos.

AUTORA: Franciele Caroline Silva
Licenciada e Bacharelada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Mato Grosso (UNEMAT).

FinaL de semana violento deixou duas mortes em Tangará da Serra

Final de semana tenebroso em Tangará da Serra. O resultado dos muitos acidentes automobilísticos deixou dois homens sem vida, ambos de 39 anos de idade. Um deles caiu de sua motocicleta numa rotatória da avenida Tancredo Neves. Faleceu no local. A outra vítima capotou o veículo que pilotava na MT 240 entre Tangará da Serra e Santo Afonso.

Lupi: vai tarde demais


Conforme prometido na sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff resolveu a situação de Carlos Lupi (PDT) tão logo chegou da Venezuela. Ontem, pela manhã, ela recebeu um e-mail do então ministro do Trabalho com a carta de demissão. Em seguida, ele telefonou para Dilma e os dois se encontraram no Palácio da Alvorada no início da noite, quando Lupi entregou pessoalmente a carta de demissão que já havia preparado no sábado.

O gesto selou a separação depois de uma série de denúncias (veja quadro) e bravatas do ministro, como o “Dilma eu te amo”. O ministério agora fica a cargo do secretário executivo, Paulo Roberto Santos Pinto, interinamente, enquanto não vem reforma ministerial de janeiro. Até lá, a guerra nos bastidores pelo Ministério do Trabalho promete ser grande, uma vez que Dilma não deu qualquer garantia de que manterá o cargo com o PDT.

As declarações de Dilma na Venezuela foram o tiro de misericórdia, ou “a bala de prata”, que levou Lupi a entender que não havia saída: ou ele pedia demissão ou Dilma o demitiria hoje, depois da reunião de coordenação do governo — aquela em que a presidente avalia a semana com os ministros do Palácio do Planalto. O PDT considerou que Dilma tinha sido muito clara ao dizer que não era propriamente uma pessoa “romântica”. Ela falou ainda que era dada a análises objetivas e que resolveria o assunto quando voltasse da viagem.

Para bons entendedores, o recado estava dado. “O que vale é o que diz a presidenta”, comentou com Lupi o presidente da Fundação Leonel Brizola Alberto Pasqualini, Manoel Dias, um dos que tentou convencer o ministro de que a situação estava difícil. Lupi, então, partiu para escrever a carta: “Tendo em vista a perseguição política e pessoal da mídia que venho sofrendo há dois meses sem direito de defesa e sem provas; levando em conta a divulgação do parecer da Comissão de Ética da Presidência da República — que também me condenou sumariamente com base neste mesmo noticiário sem me dar direito de defesa — decidi pedir demissão do cargo que ocupo, em caráter irrevogável”, disse Lupi, na carta. “Faço isso para que o ódio das forças conservadoras e reacionárias deste país contra o trabalhismo não contagie outros setores do governo”, completou.

No fim da noite, foi a vez de Dilma. Nota da secretaria de Imprensa e Divulgação do Planalto afirmava que a presidente agradecia “a colaboração, empenho e dedicação” do ministro e que “tem certeza de que ele continuará dando a sua contribuição ao país. No mesmo texto, ela confirmava a indicação do secretário-executivo, Paulo Roberto Santos Pinto, “interinamente”.

A conversa entre Dilma e Lupi foi seca e rápida, uma vez que não havia muito mais o que dizer. Afinal, na quinta-feira, quando o ministro esteve coma presidente no Planalto, ele já havia feito toda uma defesa a respeito das acusações, muitas das quais o governo deu os ombros. Lupi dissera inclusive que não sabia que era proibido acumular cargos de assessoria, como fez, sendo um na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro e outro em Brasília, na Câmara Federal.

Com a saída de Carlos Lupi, o PDT espera recuperar fôlego e, assim, evitar que o Ministério do Trabalho caia nas mãos de representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT). A cada denúncia nova sobre Lupi crescia o nome de José Feijó, ex-vice-presidente da entidade, que, em abril, foi convidado para trabalhar com o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Nos bastidores há quem diga que, se a presidente Dilma entregar o ministério para a CUT, a Força Sindical pode reunir as demais centrais e começar a bagunçar a vida no governo com manifestações por todo o país.

ILEGAL

O montante de apreensões de produtos falsos, contrabandeados e piratas triplicou nos últimos seis anos no Brasil, de acordo com o Conselho Nacional de Combate à Pirataria (CNCP). Somente em 2010, o governo apreendeu R$ 1,27 bilhão em mercadoria. Em Mossoró, é forte o comércio, sobretudo de CDs e DVDs piratas, em lugares públicos.

A queda de Lupi e o instinto de Dilma

Embora tenha ficado irritada com a decisão da Comissão de Ética da Presidência da República, que deveria reportar diretamente a ela, Dilma Rousseff tem outros motivos para manter, por enquanto, bem entendido, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, no cargo. Dilma não gostou da publicidade dada ao caso, antes mesmo que ela fosse oficialmente comunicada da decisão do colegiado. Tanto que ganhou tempo, pediu mais detalhes e explicações e embarcou para sua viagem programada à Venezuela. Deixou a crise para trás, correndo o risco calculado de ficar com o ônus de cumplicidade com o ministro por mais tempo. Na volta, a carta de demissão de Lupi já deve estar sobre sua mesa ou a caminho.

A presidente pretendia deixar para demitir Lupi junto com a reforma ministerial, para não ser obrigada a manter um pedetista na pasta do trabalho. Arranjava outro ministério para abrigar o partido e não deixava ninguém melindrado. Carlos Lupi sai da equipe de Dilma, mas não cai no ostracismo. Volta à presidência do partido e terá a insatisfação de boa parte da bancada na Câmara dos Deputados e de mais da metade do Senado a seu favor. Tudo pode começar com uma declaração de independência, como fez o PR do senador Alfredo Nascimento. E pode virar oposição, de olho em 2014.

Por isso Dilma teve tanta paciência, além é claro de saber que Lupi se abrir a boca vai fazer estrago grande. Na opinião de um pedetista de alto escalão, Dilma tinha que tratar Lupi com carinho, se tirá-lo do governo, tirar carinhosamente. Foi o que ela fez. Se o próprio Lupi realmente deixar o governo, terá dividendos políticos por ter seguido seu instinto. Talvez o instinto de mãe, quem sabe o de avó. E diziam que era Lula o instintivo.

Cérebro insensível é mais vulnerável à corrupção, dizem pesquisadores

Uma pessoa que não tem medo diante de ameaças e que não sente indignação está mais vulnerável ao comportamento corrupto.
A hipótese, baseada na análise de imagens do cérebro captadas por meio de ressonâncias magnéticas funcionais e em exames que detectam as descargas de adrenalina do sistema nervoso, foi apresentada hoje no congresso Cérebro, Comportamento e Emoções, em Gramado, pelo neurologista André Palmini, da PUC do Rio Grande do Sul.

Palmini explicou que há um senso de justiça presente no cérebro de quase todas as pessoas. Quando presenciamos a justiça sendo feita, sentimos uma identificação com isso, uma empatia. Se vemos uma injustiça, sentimos nojo. "Quando sentimos nojo, ativamos a ínsula, região do cérebro essencial para o comportamento moral", disse o médico. Daí vem a sensação de indignação que normalmente surge diante da corrupção. Mas, como cada cérebro é diferente, há quem tenha reações diferentes.

De acordo com as pesquisas citadas pelo médico, é possível observar as conexões entre as regiões morais do cérebro: o cíngulo anterior e a ínsula. Assim como cada região do cérebro tem funções específicas, essas conexões também desempenham seus próprios papéis.

Nesses estudos, foram aplicadas escalas para medir o nível de empatia das pessoas em relação à sociedade. Quanto menor a conexão entre essas duas regiões emocionais e morais do cérebro, menor a capacidade que o indivíduo tem de funcionar socialmente. Em pessoas com conexões mais fortes, havia maior capacidade de indignação e entendimento da moral.

"O status dessas redes neurais influenciam a maneira como valorizamos os estímulos do ambiente. Isso varia muito entre as pessoas e é a base de como sentimos o mundo e como tomamos decisões", disse Palmini.

Em outro estudo, que media a reação de adrenalina em pessoas submetidas a situações de estresse, por meio da condutividade elétrica da pele, algumas não reagiam às ameaças. De acordo com o neurologista, isso indica que elas eram insensíveis. "Essa condição leva à tomada de decisão inadequada, porque a pessoa fica vulnerável a correr riscos desnecessários."

Crianças que apresentaram essa falta de reação aos três anos não respondiam a punições verbais. Aos oito, elas já tinham comportamentos agressivos. Elas não eram sensíveis ao meio, não mobilizavam seu "cérebro emocional".

"Quem não se condicionava, não tinha medo, tinha mais risco de cometer crimes mais tarde, aos 20 anos", afirmou Palmini.

Um cérebro que amadurece nessas condições fica mais predisposto a ter uma personalidade psicopata, segundo o médico. A ausência do medo da punição facilita o comportamento corrupto, aliada aos fatores ambientais, como a oportunidade de cometer delitos.

CORRUPTOS LESADOS

O pesquisador Antoine Bechara, da Universidade de Iowa, também apresentou sua explicação para esses comportamentos desviantes.

A ausência de moral do corrupto, segundo Bechara, é similar àquela apresentada pelos psicopatas, que não se preocupam com o outro. "Em pessoas normais, os valores morais e os riscos são ligados. Não há por que violar as regras", disse o neurologista.

O pesquisador afirma que há duas explicações para o cérebro corrupto. Ou há uma lesão cerebral, por motivos genéticos ou traumas sofridos na infância, ou a pessoa não tem lesão alguma, mas cresceu em um ambiente onde a corrupção não é punida.

O primeiro grupo não tem como aprender a diferenciar certo e errado, mesmo que sofra punições. Já o segundo pode conseguir se ajustar, se houver mudanças no ambiente.

De acordo com Bechara, pessoas com anormalidades no córtex pré-frontal repetem os erros, ainda que tenham uma alta capacidade intelectual. "Elas podem até ser mais bem sucedidas do que as pessoas normais, dependendo do meio em que atuam", disse o neurologista.

Ele explica suas conclusões por meio de um teste de jogo chamado Iowa Gambling Test. Nesse exame, são exibidas quatro possibilidades de aposta para o voluntário. Um par dá mais ganhos imediatos, mas leva a perdas maiores a longo prazo. O outro dá menos benefícios imediatos, mas resulta em um ganho grande no final.

Pessoas sem lesões cerebrais, em geral, sabem escolher a opção mais vantajosa a longo prazo. Quando há a lesão no córtex frontal, a pessoa erra mesmo quando já sabe qual é a melhor escolha. "Ainda que elas tenham uma reação negativa em relação à perda, não temem essa punição na hora de tomar a decisão", explicou Bechara.

Além de serem destemidas, essas pessoas não julgam moralmente os outros. Em testes que apresentam aos voluntários uma história de tentativa de homicídio que não dá certo, os normais acham isso um crime. As pessoas com lesão se mostram mais permissivas.

O curioso, segundo o neurologista, é que há pessoas normais que se comportam como se tivessem a lesão cerebral. Talvez, disse ele, elas tenham algum problema cerebral indetectável em exames. "Essas pessoas também são vulneráveis a comportamentos antissociais como a corrupção."

Ao final, Bechara lembrou que os psicopatas não são só os assassinos. "Eles estão na sociedade. Podem ser empresários, políticos, pessoas que não cometem crimes violentos, mas que exploram os outros, são imorais, usam cargos públicos para enriquecer e prejudicar os outros. Está na hora de revisitar as causas cerebrais para estudar o comportamento corrupto."

* http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/749745-cerebro-insensivel-e-mais-vulneravel-a-corrupcao-dizem-pesquisadores.shtml

1 de dezembro de 2011

O que a grande imprensa vem dizendo sobre a robalheira em Tangará da Serra

Fraudes e desvios na saúde continuam após saída de Oscip

24Horas News - ‎há 17 horas‎
Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso revelou que novas irregularidades envolvendo recursos da área de saúde, em Tangará da Serra. Segundo o estudo técnico do TCE, as fraudes continuaram mesmo após a ter rompido o contrato ...

Ladeia e Joconias são multados

Diário de Cuiabá - ‎29/11/2011‎
O ex-prefeito de Tangará da Serra, Júlio Cesar Ladeia (PR), eo seu vice, José Jaconias (PT), foram multados em R$ 5,8 mil e R$ 5,2 mil, respectivamente, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), após ter as contas de gestão do município referentes ao ...

Após fraudes de R$ 6 mi em licitações, ex-prefeitos de Tangará tem ...

O Documento - ‎29/11/2011‎
As contas anuais de 2010 da Prefeitura Municipal de Tangará da Serra foram julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso, em sessão plenária realizada nesta terça-feira. As contas são de responsabilidade dos prefeitos José Jaconias da ...

29 de novembro de 2011

PT e Dilma são o pai e a mãe das mentiras e da corrupção

No dia 22 de outubro de 2010, escrevemos que “O PT é o Partido da mentira e da morte". Escrevemos isso porque o PT mentiu no TSE para obter a apreensão dos documentos, apelidados         pejorativamente de “panfletos”, que são legítimos, legais e verdadeiros, e porque o PT defende o assassinato de crianças inocentes, no útero de suas mães, através da a liberação do aborto.
 
Como fizemos em 2006 e 2008, antes das eleições presidenciais de 2010, escrevemos um documento denominado “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”, publicado em 01.07.2010, para orientar o voto dos fiéis de Guarulhos contra os candidatos contrários aos princípios cristãos, entre eles a candidata à presidência Dilma Rousseff, favorável à liberação do aborto.
 
Posteriormente, a seção regional de São Paulo da CNBB, denominada CNBB-Regional Sul-1, que representa e compreende as 41 Dioceses do estado de São Paulo, produziu o documento         denominado “Apelo a Todos os Brasileiros e Brasileiras”, assinado por três Bispos, no qual orientou o voto contra os candidatos partidários da liberação do aborto. A CNBB-Regional Sul-1 liberou a impressão do documento para todas as Dioceses, pastorais e organizações que defendem os princípios cristãos, para que o distribuíssem a quem quisessem.
 
A candidata Dilma Rousseff e seu grupo político pediram, ao Tribunal Superior Eleitoral, a apreensão dos documentos – “panfletos” – impressos, que ainda estavam na gráfica, sob duas alegações mentirosas: que o documento era falso e que havia crime contra o PT e contra a candidata Dilma, porque o documento dizia que o PT sempre defendeu a liberação do aborto.
 
A propagação contínua da mentira pelo PT e seus aliados nas eleições de 2010 – os partidos comunistas seguem a máxima do líder propagandista de Hitler, Joseph Goebbels, segundo a qual         “uma mentira dita cem vezes torna-se verdade”, foi tão forte que até utilizou o Bispo de Jales, Dom Demétrio Valentini, para conceder entrevista a jornal de Guarulhos e dizer que nós tínhamos cometido “crime eleitoral”.
 
Provamos, no TSE, que o documento assinado pelos três Bispos é verdadeiro e provamos que o PT e a candidata Dilma defendem, sim, a liberação do aborto. E o Ministério Público Federal garantiu que não praticamos crime eleitoral e pediu a devolução do material para a Diocese de Guarulhos. O TSE mandou a Polícia Federal devolver o material apreendido. A documentação está todinha em nosso blog, www.domluizbergonzini.com.br. A Igreja Católica tem o direito legítimo de defender o Evangelho e seus princípios, em qualquer época.
 
Naquele momento e de repente, a candidata Dilma Rousseff, para enganar os católicos e cristãos, se declarou “devota” de Nossa Senhora Aparecida e até foi ao Santuário da Padroeira do Brasil. Se         católica ou cristã fosse, ela deveria ter promovido uma missa antes de sua posse como presidente. Quem é católico, não precisa se envergonhar de sê-lo.
 
Se devota de Nossa Senhora Aparecida fosse, teria, como todos os devotos têm, uma imagem da Mãe de Jesus Cristo em seu gabinete de trabalho. Em vez disso, no seu primeiro dia de trabalho, ela mandou retirar Jesus Cristo Crucificado e a Bíblia do seu gabinete.
 
Aguardamos, ansiosamente, que ela comparecesse em Aparecida, no dia 12 de outubro de 2011, para demonstrar sua devoção a Nossa Senhora Aparecida e mostrar para todos os brasileiros e para o         mundo que ela não havia enganado os cristãos brasileiros para obter votos em 2010. E que, pelo menos, confessasse e comungasse. Porém, nada disso aconteceu.
 
O povo brasileiro está enredado por mentiras. Já vimos acima o caso da apreensão ilegal dos documentos da Igreja, nas eleições de 2010. No caso das mortes maternas dizem, mentirosa e preconceituosamente, que as mulheres morrem por serem negras ou pobres; na verdade elas morrem pela precariedade do SUS e do sistema de saúde que lhes é oferecido (Brasil recebe condenação inédita da ONU por morte materna).
 
A mentira gera ou tenta esconder a corrupção e interesses escusos. Lula apresentou Dilma como “gerentona” do governo, que sabia de tudo e conhecia todos os ministros. Nunca antes na história deste país houve tantos ministros, nomeados pelo presidente da república, afastados por         denúncias de corrupção.
 
O povo brasileiro está tentando lutar contra as mentiras e a corrupção. Os brasileiros somente conseguirão combatê-las se começarem, como digo sempre, a “dar nomes aos bois”, ou dar os nomes dos pais e da mães das mentiras e da corrupção.
 
Lembram-se como antigamente davam nomes aos bois ? Era assim: Fora Ditadura, Fora Collor, Fora FHC, e tantos outros “foras”. Agora, os brasileiros precisam fazer o mesmo. No caso do governo federal, os nomes do pai e da mãe das mentiras e da corrupção, ou maracutaias, como diziam antigamente, ou malfeitos, como dizem agora, são o PT e Dilma. No caso dos governos estaduais, os nomes são os dos governadores. E no caso dos governos municipais, os nomes são os dos prefeitos.
 
As pessoas estão com medo de dar os nomes dos responsáveis. Não tenham medo de dizer: Fora PT, Fora Dilma, Fora (Fulano de Tal), seja governador, prefeito, deputado, vereador, enfim, fora todos os que consomem até 69 bilhões de reais em atos de corrupção, sugados dos impostos pagos com muito sacrifício pelos brasileiros. Fora os que querem afastar o povo dos princípios morais cristãos e mantê-lo sem educação, sem segurança e, principalmente, sem atendimento de saúde suficiente para garantir uma vida digna para cada brasileiro – a vida é uma dádiva divina-, desde o momento da fecundação até a morte natural na velhice.
 
“NÃO LEVANTARÁS FALSO TESTEMUNHO CONTRA TEU PRÓXIMO”.(Ex 20,16) é o         mandamento. Levantar falso testemunho é mentir, como mentiram na época das eleições e continuam mentindo.
 
Chega de mentiras! Chega de corrupção!

Não tenham medo! Vamos, juntos, restaurar os princípios morais cristãos e Mudar o Brasil.

* Dom Luiz Bergonzini - Bispo Diocesano de Guarulhos

Vai se larcar cambada!

Agradeço muito a Deus e a minha rede de clientes por minha empresa e, em janeiro, minhas empresas, não precisarem de um botão da prefeitura de Tangará da Serra, e muito menos dessa sofrida e pisoteada SEMEC para sobreviver.

Nossa Agência de publicidade, o jornal O Tangaraense e o Instituto Procede sobrevive muito bem sem parceria alguma com essa gente que se encontra contribuindo a cada dia para afundar ainda mais meu município.

Ainda bem que essa gentalha tem dias contados no poder. E por isso canto antecipadamente nossa vitória. Vocês passaram como a erva que hoje aparece e amanhã desaparece.

Minhas empresas terão contituindade e sempre serão propriedade de minha família.

Na fajuta gestão atual ainda não precisei pisar meus pés no paço municipal. E na SEMEC, assim que me pagar o que deve, também não passarei por lá.

Ainda me considero um cidadão portador de VERGONHA NA CARA. Bem diferente dessa gentalha que se aproveita de todas as oportunidades, mesmo quebrando a ética e os mais básicos princípios para estar no poder.

Vai se larcar cambada!

Secretaria Nó Cego

Há muito tempo venho ouvindo reclamações de empresas e pessoas que forneceram à Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Tangará da Serra (SEMEC) e amargaram meses para receber pelos serviços prestados ou produtos vendidos.

Minha empresa também já sofreu esse tipo de humilhação e sacanagem. Já prestei serviços à SEMEC e até hoje não recebi pelos mesmos.

Por isso mesmo, minha empresa não tem nenhum interesse em prestar serviços a essa pasta, lamentavelmente mal administrada nesses últimos anos e muito mais agora, sob o comando do Partido dos Trabalhadores.

A educação de nossos filhos não merece tanta desgraça assim. É de arrepiar.

22 de novembro de 2011

REAJUSTE

O governo anunciou ontem ao Congresso Nacional a elevação do valor do salário mínimo para R$ 622,73 a partir de 1º de janeiro de 2012. A previsão era R$ 619,21. Com a revisão aumentou R$ 3,52. O salário mínimo vigente hoje é de R$ 545,00.

BATALHA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou ontem a segunda etapa da quimioterapia para tratamento de um câncer na laringe. A doença foi diagnosticada no último dia 29 de outubro. A primeira sessão ocorreu no dia 1º. Ele deve passar ainda por mais duas sessões de quimioterapia este ano e por uma sessão de radioterapia no início de 2012. 

14 de novembro de 2011

Baba baby

O ministro Carlos Lupi – o da baboseira “Te amo, Dilma” – volta às páginas da revista Veja da semana. A edição que está chegando às bancas mostra em reportagem que o titular do Ministério do Trabalho usou avião às custas de ONG envolvida em denúncia de desvio de dinheiro público. Pelo visto, Lupi vai precisar fazer novas declarações de amor para se manter na giroflex.

AFASTAMENTO

Mais um ministro do governo Dilma Rousseff está com dias contados no governo: Fernando Haddad, da Educação. Mas não por causa de denúncias de corrupção. É que será candidato a prefeito de São Paulo, em decisão consensual do PT. O ministro terá que deixar o cargo até abril de 2012.

3 de novembro de 2011

CÂNCER

Devido ao diagnóstico de câncer de laringe do ex-presidente Lula da Silva, o tipo de patologia tornou-se um assunto comum ao cotidiano dos brasileiros. Segundo a Sesap, dos diversos tipos de câncer de cabeça e pescoço, o câncer da laringe é o mais frequente. O órgão destaca que somente no ano passado o RN contabilizou 46 óbitos causados pelo câncer da laringe.

24 de outubro de 2011

Obrigado pela amizade!

Prezados webleitores, tenho estado bastante atarefado.

A empresa cresce sem parar, graças a Deus.

Nosso jornal O Tangaraense toma novas proporções.

Estou cursando outra faculdade: marketing.

Uma loucura.

Essas são algumas razões apresentadas para passar tão pouco tempo com vocês.

Obrigado pelas visitas e pela amizade constituída nos seis anos desta página no ar.

DORJIVAL SILVA
Editor

JUDICIÁRIO

O CNJ, em parceria com os tribunais brasileiros, está preparando a segunda edição o prêmio Conciliar é Legal. A seleção será realizada durante a Semana Nacional da Conciliação, que ocorrerá de 28 de novembro a 2 de dezembro. O concurso tem como objetivo estimular boas práticas no Poder Judiciário.

FILIADOS

De acordo com dados TSE, mais da metade dos 15, 3 milhões de eleitores filiados a uma das 29 legendas em todo o país está concentrada em sete partidos, PMDB, PT, PP, PSDB, PDT, PTB e DEM. A agremiação com o maior número de filiados é o PMDB (2.420.327); seguido do PT (1.566.208) e PP (1.436.670).

20 de outubro de 2011

Khadafi morto, segundo a rede de tv Al Jazeera




Ferido à bala nas duas pernas, Khadafi, o ditador da Líbia, foi capturado hoje Sirte, sua cidade natal, onde forças leais ao governo ainda resistiam. O anúncio foi feito pelo Conselho Nacional dos Rebeldes.

Informações não confirmadas dão conta de que Kadafi teria sido ferido também na cabeça e a essa altura estaria morto.

O Conselho Nacional de Transição (CNT) e uma emissora de televisão da Líbia confirmaram que o presidente líbio, Muammar Khadafi, foi capturado esta manhã. Khadafi foi atingido por tiros nas pernas ao tentar escapar da captura, segundo integrantes da oposição.

Khadafi estava desaparecido desde que o CNT assumiu o comando da capital, Trípoli, e das principais cidades líbias. Informações iniciais indicam que o presidente estava escondido no deserto, na área de fronteira da Líbia com o Níger. A mulher de Khadafi e três de seis filhos pediram abrigo ao governo do Níger.

Por meio de mensagens de áudio, enviadas a uma emissora síria, Khadafi mantinha contato com a população líbia. Nas últimas gravações, ele disse que resistiria à pressão “até o final” e pediu que os líbios fiéis a ele fizessem o mesmo. Khadafi informou ainda que não deixaria a Líbia.

Em setembro, o Tribunal Penal Internacional (TPI) pediu que a Interpol, a polícia internacional, capturasse Khadafi e seus aliados. Em março, o tribunal anunciou que o presidente líbio e seus colaboradores serão julgados por crime contra a humanidade, como violação aos direitos humanos, assassinatos e estupros.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

19 de outubro de 2011

ADOÇÃO

 Segundo levantamento do CNJ, apenas 0,5% das famílias inscritas no Cadastro Nacional de Adoção têm interesse em adotar adolescentes com idade entre 11 e 17 anos. Isso representa 154 famílias das 26.936 que estão à espera de uma criança para adotar.

4 de outubro de 2011

Leia o que a grande imprensa está dizendo sobre o novo prefeito de Tangará da Serra

Sem transparência

Midia News - ‎02/10/2011‎
A sociedade organizada de Tangará da Serra (239 km a Noroeste de Cuiabá) deve se mobilizar, nesta semana, em protesto contra a decisão da maioria dos vereadores, de eleger Saturnino Masson (PSDB) para um mandato-tampão até dezembro de 2012. ...

“Prefeito biônico” de Tangará assume sob temor popular de novos ...

24Horas News - ‎02/10/2011‎
O novo prefeito de Tangará da Serra, Saturnino Masson, eleito de forma indireta para ocupar o cargo pelos próximos 15 meses, assumiu o cargo sob total desconfiança popular. E motivos não faltam: ex-prefeito da cidade por dois mandatos, ...

Falta do que fazer

Midia News - ‎01/10/2011‎
Os vereadores de Tangará da Serra (239 km a Noroeste de Cuiabá) elegeram, na noite de sexta-feira (30), o empresário Saturnino Masson (PSDB) o novo prefeito da cidade. Desde o final de agosto, a prefeitura era comandada pelo presidente do Legislativo, ...

Em apenas três anos, município de MT troca cinco vezes de prefeito

G1.com.br - ‎01/10/2011‎

Saturnino é empossado prefeito de Tangará da Serra

Só Notícias - ‎01/10/2011‎
O prefeito eleito de Tangará da Serra, Saturnino Massom (PSDB), foi empossado, nesta manhã, pela câmara municipal, além de Idail José Trubian (PDT) como vice. A sessão solene é presidida pelo vereador Miguel Romanhuk - que ficou como prefeito interino ...

Saturnino é eleito pela Câmara para ser prefeito de Tangará por 15 ...

24Horas News - ‎01/10/2011‎
O vereador Saturnino Masson, do PSDB, foi eleito na noite desta sexta-feira, 30, prefeito de Tangará da serra, cidade do médio Norte de Mato Grosso. A eleição foi indireta. Ele obteve sete votos. Masson já foi prefeito da cidade. ...

Saturnino é eleito prefeito de Tangará da Serra

Só Notícias - ‎01/10/2011‎
Saturnino Masson (PSDB) foi eleito, agora há pouco, prefeito de Tangará da Serra. Idail José Trubian (PDT) é a vice. Eles receberam 7 votos dos vereadores. Luiz Henrique Barbosa Matias (PTB) obteve 3. Antônio Giovani Stoinski não teve voto. ...

Saturnino Masson é o novo prefeito de Tangará da Serra

topnews - ‎01/10/2011‎
Com sete votos dos parlamentares municipais, o empresário do ramo alimentício Saturnino Masson (PSDB), foi eleito o novo prefeito de Tangará da Serra. Durante a eleição indireta, que terminou a pouco na Câmara de Vereadores ele foi o primeiro a ...

Tucano representa continuidade no município

Diário de Cuiabá - ‎30/09/2011‎
Com a vitória de Saturnino Masson (PSDB), o município de Tangará da Serra continua sendo governado pelo mesmo grupo político que se mantém no poder há quase duas décadas. Masson foi prefeito de Tangará entre os anos de 1993 e 1996 e assumiu mandato na ...

Empresário vence eleição indireta para prefeito de Tangará da Serra

O Documento - ‎30/09/2011‎
Com sete votos favoráveis, o empresário e ex-prefeito Saturino Masson (PSDB) foi eleito na noite dessa sexta-feira e comandará o passo municipal de Tangará da Serra até o ano que vem. O prefeito tampão já foi suplente de deputado federal e compõe o rol ...

Saturnino é de novo prefeito de Tangará

Diário de Cuiabá - ‎30/09/2011‎
Por sete votos, o ex-prefeito foi eleito para o cargo. O adversário Luiz Antonio teve três votos e Antônio Giovani não recebeu votação O ex-prefeito de Tangará da Serra (239 km de Cuiabá) Saturnino Masson (PSDB) retorna ao comando do município para ...

Começa sessão para eleger novo prefeito de Tangará da Serra

Só Notícias - ‎30/09/2011‎
Já iniciou a sessão que irá eleger o novo prefeito de Tangará da Serra. Cada candidato tem 15 minutos para expôr seu projeto e logo em seguida cada vereador irá a tribuna dizer em voz alta em quem vota. O eleito deve ser empossado ainda esta noite. ...

Câmara escolhe novo prefeito em votação aberta

Midia News - ‎30/09/2011‎
Os vereadores de Tangará da Serra (239 km a Noroeste de Cuiabá) definem, nesta sexta-feira (30), em eleição indireta com voto aberto, o nome do novo chefe do Executivo. O pleito será realizado em sessão extraordinária, a partir das 19h30. ...

Vereadores elegem hoje o novo prefeito de Tangará da Serra

Só Notícias - ‎30/09/2011‎
Os dez vereadores vão decidir, hoje, em sessão que deve começar às 19h30, quem será o novo prefeito do município até o final de 2012. Na eleição indireta concorrem Saturnino Masson (PSDB) e Idail José Trubian (PDT), prefeito e vice, respectivamente, ...

3 de outubro de 2011

“Prefeito biônico” de Tangará assume sob temor popular de novos escândalos

Edilson Almeida
Redação 24 Horas News

O novo prefeito de Tangará da Serra, Saturnino Masson, eleito de forma indireta para ocupar o cargo pelos próximos 15 meses, assumiu o cargo sob total desconfiança popular. E motivos não faltam: ex-prefeito da cidade por dois mandatos, Masson foi afastado da política por ter as contas reprovadas, recebido condenação criminal e ficado legalmente inelegível por 8 anos. Integra assim a extensa lista de políticos que expuseram a cidade ao escândalo, entre 1993 e 1996

Não bastasse isso, existe ainda um componente ainda mais preocupante: Masson chega ao seu terceiro mandato – agora pelo sistema biônico, supostamente pelas mãos de seu antecessor titular, Júlio César Ladeia. Afastado do cargo por decisão judicial, o ex-prefeito responde a diversas ações civis por improbidade administrativa e acusado de ter promovido prejuízos na ordem de R$ 6 milhões ao município, com desvios na saúde.

O deputado Wagner Ramos, considerado um dos principais expoente pressionou vereadores do partido as políticos do município de Tangará da Serra no momento, também teria pedido votos para  Saturnino.

Os vereadores que apoiaram Masson na eleição indireta são: João Batista Neri de Almeida, o João Negão (PMDB); Roque Fritzen (PDT); Miguel Romanhuk (DEM); José Pereira Filho, o Zé Pequeno (PT); Vânia Regina Ladeia Trettel (PR); Wellington Bezerra (PR) e Fábio da Silva Brito (PSDB).

Um dia antes da eleição, empresários, representantes de clubes de serviço, sindicatos e associações compareceram à Câmara Municipal. Eles foram ao gabinete de todos os vereadores e protocolaram documento exigindo postura ética dos parlamentares nas eleições indiretas. O manifesto conta com 45 assinaturas de representantes da sociedade organizada.

No documento eles lembram que num passado recente quatro vereadores tiveram seus mandatos cassados como consequência dos votos que deram na Câmara Municipal. Eles cobram dos atuais vereadores que não elejam quem no passado comprovadamente cometeu malversação dos recursos públicos. “Vocês têm nas mãos a chance de errar ou acertar”, diz o documento. “O Povo de T angará já está muito cansado com a administração que vem acontecendo. Estamos ficando pra trás de muitas cidades na parte de saúde, de educação” – dizia o manifesto.

Com o documento assinado, cada vereador também recebeu cópias de pareceres do Tribunal de Contas do Estado e cópia de decreto legislativo quanto a rejeição de contas da Prefeitura Municipal no ano de 1995. Depois  o grupo seguiu para o Ministério Público onde entregou cópia do documento com os protocolos dos vereadores – demonstrando que todos os parlamentares tiveram acesso às informações.

JUÍNA MAIS: "Vereadores ignoram a Sociedade Organizada e todo esforço de Purificação empreendido pela MP

Se o Promotor de Justiça Antonio Moreira da Silva, que empreendeu um esforço descomunal para fazer uma purificação em prol da Moralidade Administrativa, ainda estivesse em Tangará da Serra, seguramente estaria constatando uma triste realidade: O Sistema Político Viciado do município é mais resistente que  câncer em estágio terminal.

Depois da exposição negativa do município na mídia em todo o Mundo, 7 Parlamentares perderam uma oportunidade histórica de passar Tangará da Serra a limpo.

Presos ao Sistema Doente e contrariando a manifestação da Sociedade Organizada,  resolveram eleger justamente  alguém que já administrou duas vezes o município e que foi afastado da política por ter as contas reprovadas, recebido condenação criminal e ficado legalmente inelegível por 8 (oito) anos.

Masson foi prefeito de Tangará entre os anos de 1993 e 1996.

O prefeito cassado Júlio Cesar Ladeia (PR) foi um dos maiores apoiadores da candidatura de Saturnino Masson. Além de ter sido cassado pela Câmara e afastado do cargo por decisão judicial, o ex-prefeito responde a diversas ações civis por improbidade administrativa.

O Deputado Wagner Ramos pressionou vereadores do partido a votar em Saturnino.

Os nomes dos 7 vereadores, que com certeza a população de Tangará da Serra deles não esquecerão no pleito eleitoral  de 2012, são os seguintes: João Batista Neri de Almeida, o João Negão (PMDB); Roque Fritzen (PDT); Miguel Romanhuk (DEM); José Pereira Filho, o Zé Pequeno (PT); Vânia Regina Ladeia Trettel (PR); Wellington Bezerra (PR) e Fábio da Silva Brito (PSDB). 

Célio F. do Juína Mais

Abaixo matéria veiculada no Diário da Serra (http://www.diariodaserra.com.br/showtangara.asp?codigo=151993)

Representantes da sociedade organizada cobram posição dos vereadores

      Empresários, representantes de clubes de serviço, sindicatos e associações compareceram em peso na tarde de ontem na Câmara Municipal. Eles foram ao gabinete de todos os vereadores e protocolaram documento exigindo postura ética dos parlamentares nas eleições indiretas que serão realizadas hoje. O manifesto conta com 45 assinaturas de representantes da sociedade organizada.

“Nesse documento estamos trazendo um procedimento do Tribunal de Contas do Estado, de anos anteriores, onde foram provados atos ilícitos na Administração Pública e nós tomamos como um dever nosso, enquanto sociedade, de comunicar essa Casa para que os vereadores antecipadamente a eleição, tomem conhecimento e façam a sua livre escolha diante de fatos que já foram julgados, em que gestores foram penalizados, e com provas tácitas, documentais que são fatos que já aconteceram. O que queremos é que os vereadores vejam isso e decidam o que é que querem para Tangará da Serra”, afirmou um dos representantes, César de Oliveira.

No documento eles lembram que num passado recente quatro vereadores tiveram seus mandatos cassados como consequência dos votos que deram na Câmara Municipal. Eles cobram dos atuais vereadores que não elejam quem no passado comprovadamente cometeu malversação dos recursos públicos. “Vocês têm nas mãos a chance de errar ou acertar”, diz o documento.

Com o documento assinado, cada vereador também recebeu cópias de pareceres do Tribunal de Contas do Estado e cópia de decreto legislativo quanto a rejeição de contas da Prefeitura Municipal no ano de 1995. Depois  o grupo seguiu para o Ministério Público onde entregou cópia do documento com os protocolos dos vereadores – demonstrando que todos os parlamentares tiveram acesso às informações.

“O Povo de Tangará já está muito cansado com a administração que vem acontecendo. Estamos ficando pra trás de muitas cidades na parte de saúde, de educação. (…) Viemos hoje fazer esse manifesto para que esses vereadores, que vão votar, tomem consciência, leiam esses documentos que nós estamos entregando, que a sociedade vai ficar sabendo se algum desses, se esse que vai ser eleito tem condições ou não. Observem tudo, se ele tem condição de ser um bom prefeito.

Nós estamos cansados de pessoas que já passaram por essa Prefeitura e que ali não fizeram praticamente nada. Queremos pessoas direitas, honestas e que trabalhem para o Município. É esse o manifesto que esse grande número de gente está aqui apoiando”, afirmou o médico Antônio Parazolo.

Diário da Serra

Abaixo, matéria veiculada no Diário de Cuiabá

Tucano representa continuidade no município

 (http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=400042)
 Com a vitória de Saturnino Masson (PSDB), o município de Tangará da Serra continua sendo governado pelo mesmo grupo político que se mantém no poder há quase duas décadas.

 Masson foi prefeito de Tangará entre os anos de 1993 e 1996 e assumiu mandato na Câmara Federal durante licença da então deputada Thelma de Oliveira (PSDB), no ano de 2008. O tucano teve as contas de 1995 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado e também possui condenação criminal.

 O prefeito cassado Júlio Cesar Ladeia (PR) foi um dos maiores apoiadores da candidatura de Saturnino Masson. Além de ter sido cassado pela Câmara e afastado do cargo por decisão judicial, o ex-prefeito responde a diversas ações civis por improbidade administrativa.

 Considerado um dos mais promissores da região, Tangará tem enfrentado dificuldades em seu desenvolvimento por falta de políticas públicas. Juntamente com Alto Paraguai, Alto Boa Vista, Sorriso e Várzea Grande, o município integra a lista dos que mais apresentaram problemas políticos e administrativos relacionados à atuação do Executivo e do Legislativo em 2011.

 A determinação para realização de eleição indireta chegou a ser questionada pelo Partido Democratas (DEM). A sigla recorreu à Justiça para tentar anular a eleição, mas o juiz substituto responsável pela 19ª Zona Eleitoral de Tangará, Jamilson Hadadd Campos, indeferiu o pedido.

O magistrado entendeu que a medida respeita a Constituição Federal, que determina a realização de eleição indireta em casos de dupla vacância ocorrida nos dois últimos anos do mandato. (RN)

Diário de Cuiabá"

30 de setembro de 2011

Hoje tem eleição pra prefeito em Tangará da Serra

Câmara escolhe novo prefeito em votação aberta

Midia News - ‎há 47 minutos‎
Os vereadores de Tangará da Serra (239 km a Noroeste de Cuiabá) definem, nesta sexta-feira (30), em eleição indireta com voto aberto, o nome do novo chefe do Executivo. O pleito será realizado em sessão extraordinária, a partir das 19h30. ...

Vereadores elegem hoje o novo prefeito de Tangará da Serra

Só Notícias - ‎há 3 horas‎
Os dez vereadores vão decidir, hoje, em sessão que deve começar às 19h30, quem será o novo prefeito do município até o final de 2012. Na eleição indireta concorrem Saturnino Masson (PSDB) e Idail José Trubian (PDT), prefeito e vice, respectivamente, ...

Tangará elege hoje novo prefeito e vice

Diário de Cuiabá - ‎há 13 horas‎
Tangará da Serra (239 km de Cuiabá) realiza hoje eleição indireta para eleger novos prefeito e vice-prefeito que conduzirão o município até 31 de dezembro de 2012. Terão direto a voto os 10 vereadores tangaraenses que estão em pleno exercício de seus ...

26 de setembro de 2011

Tangará perde para Lucas do Rio Verde: leia o que disse a imprensa sobre o assunto!

Lucas do Rio Verde: Vitória deixa Luverdense próximo das semifinais

TÔSABENDO.COM - ‎há 7 horas‎
O Luverdense venceu o Serra de Tangará da Serra neste domingo à noite, por 2 a 0 e praticamente garantiu uma das vagas para as semifinais da Copa Mato Grosso. A partida foi disputada no estádio Passo das Emas, onde não mais do que 300 torcedores ...

Luverdense bate o Serra e lidera a Copa Mato Grosso

Só Notícias - ‎há 18 horas‎
O Luverdense bateu o Serra, de Tangará da Serra, agora há pouco, por 2 a 0, no estádio Passo das Emas e disparou na liderança do grupo A, da Copa Mato Grosso com 6 pontos. O Serra fica com 1 ao lado do Sinop. Régis, aos dois minutos, e Danilo, aos 33, ...

Luverdense joga contra o Serra e vence por 2 a 0 pela Copa MT

pe360graus.com - ‎há 19 horas‎
O Luverdense venceu o Serra por 2 a 0 na tarde deste domingo (25), no estádio Passo das Emas, em jogo válido pela Copa Mato Grosso. O time de Lucas do Rio Verde aproveitou o jogo em casa para garantir a liderança do grupo A. Com a vitória, o Luverdense ...

Luverdense enfrenta o Serra para manter liderança isolada

Diário de Cuiabá - ‎24/09/2011‎
O Luverdense defende a liderança do Grupo A da Copa Mato Grosso neste domingo diante do Serra, de tangará da Serra, às 18 horas no Estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde. O time estreou na quinta-feira no Gigante do Norte com vitória, ...

O crescimento do jornal O Tangaraense está consumindo ainda mais meu tempo

Olá pessoal, boa tarde.

O crescimento do jornal O Tangaraense está consumindo ainda mais meu tempo.

Por isso tenho passado pouco por aqui.

Tenho muita coisa pra contar.

Especialmente sobre a eleição que será realizada dia 30 para escolha do prefeito tampão de Tangará da Serra.

O "trêm" tá feio e pegando fogo.

Só mais um pouquinho e retorno com mais tempo para escrever.

Abraços

DORJIVAL SILVA

20 de setembro de 2011

Advogado diz ao blog que Romanhuk teria sido condenado por instância federal

Um advogado tangaraense me ligou nesta tarde para comentar que o prefeito em exercício de Tangará da Serra, Miguel Romanhuk (DEM), poderá ver ser nome em situação bem delicada por esses próximos dias que antecedem a eleição indireta para escola do prefeito tampão da cidade.

Se entendi bem, o advogado falou sobre uma condenação que Romanhuk recebeu a poucos dias na numa instância da Justiça Federal.

Isso poderia ser um problema para ele concorrer como candidato ao cargo de prefeito tampão de Tangará da Serra. A menos que sua assessoria jurídica tenha, às pressas, recorrido da decisão.

De acordo com o advogado, o democrata teria sido, inclusive condenado pela esfera superior a quatro anos de reclusão.

Espero que se isso que me chegou ao conhecimento tiver fundamento, que no mínimo, o prefeitável explique para a sociedade.

Os vereadores que atuarão como eleitores da escolha do prefeito tampão no próximo dia 30, precisam saber mais detalhes sobre esse assunto.

Por enquanto, ainda não posso me manifestar politicamente sobre o tema. Só a partir desta quarta-feira (21) quando estarei com cópias dos autos em mãos.

Delegado Aldo da Silva Costa assume diretoria de interior da Polícia Civil

O delegado Aldo da Silva Costa assumiu a Diretoria de Interior, da Polícia Judiciária Civil, em substituição ao delegado Jales Batista da Silva, que deixa o cargo depois de dois anos e sete meses à frente das delegacias do interior do Estado de Mato Grosso.

Desde segunda-feira (19), Aldo Costa responde pelas unidades do interior.

O ex-delegado Regional de Tangará da Serra, Aldo Costa, disse que não irá promover nenhuma mudança profunda nas unidades do interior e será mantido o cronograma de operações, definidas até o fim do ano. Costa informou que na próxima semana, vai se reunir com os delegados regionais para discutir as ações planejadas até dezembro e iniciar planejamento para o ano de 2012. “Será mantido o cronograma de operações e estaremos discutindo o resto do ano com os delegados regionais”, afirmou.

Com relação às mudanças, o diretor de interior declarou que haverá alterações na Regional de Diamantino, de onde o delegado Wilson Leite sai para integrar o quadro de delegados da região metropolitana, na Regional de Tangará da Serra, que passa a responder o delegado Edmar Faria Fillho, coordenador do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), e em Alto Araguaia. Na Regional de Diamantino, o delegado de Arenápolis, Sérgio Paulo de Oliveira Medeiros, deverá responder interinamente pelas unidades. Para Alto Araguaia, assume o antigo diretor, delegado Jales Batista da Silva.

Para o delegado Jales Batista da Silva, no período de sua administração, a Diretoria implementou uma metodologia diferente de trabalho que deu certo. “Espero que essa semente seja regada e meu sucessor tenha sucesso na empreitada”, desejou.

O delegado Jales Batista retorna para a região de Alto Araguaia, onde já atuou, como delegado Regional. Jales também agradeceu aos delegados regionais e suas equipes pela colaboração e resultados alcançados. “Sem eles não seria possível fazer o trabalho de excelência que conseguimos realizar”, declarou.

Currículo
O delegado da Classe Especial, Aldo da Silva Costa, com 29 anos de polícia, atuou como delegado municipal nas delegacias de Itaúba, Colíder e Diamantino. Foi delegado regional de Pontes e Lacerda, em 2003. No ano de 2006, assumiu a Regional de Cáceres e em julho de 2008 foi para a Regional de Tangará da Serra, permanecendo no comando da Delegacia Regional por três anos e dois meses.  No Estado de Goiás, por 15 anos e 7 meses foi agente de polícia.

Outra mudança
O delegado Wylton Massao Ohara foi designado para assumir a titularidade da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), de Cuiabá, no lugar do delegado Luciano Inácio da Silva, nomeado a diretor metropolitano da Polícia Civil.

Popularidade de Lula. Veja porque

O Brasil que trabalha
Estado
Quanto paga ao governo federal
Quanto recebe do governo federal
Em vermelho ficou devendo e Verde Fica sobrando
Maranhão
1.886.861.994,84
9.831.790.540,24
-7.944.928.545,40
Bahia
9.830.083.697,06
-7.445.718.819,72
Pará
9.101.282.246,80
-6.557.165.281,71
Ceará
10.819.258.581,80
-5.973.443.454,96
Paraíba
1.353.784.216,43
5.993.161.190,25
-4.639.376.973,82
Piauí
843.698.017,31
Alagoas
937.683.021,32
Pernambuco
7.228.568.170,86
11.035.453.757,64
Rio Grande do Norte
1.423.354.052,68
-3.670.805.560,17
Tocantins
482.297.969,89
3.687.285.166,85
Sergipe
1.025.382.562,89
3.884.995.979,60
-2.859.613.416,71
Acre
244.750.128,94
2.656.845.240,92
-2.412.095.111,98
Amapá
225.847.873,82
2.061.977.040,18
-1.836.129.166,36
Rondônia
686.396.463,36
-1.802.042.156,57
Mato Grosso
2.080.530.300,55
-1.783.509.861,71
Roraima
200.919.261,72
1.822.752.349,69
-1.621.833.087,97
Mato Grosso do Sul
1.540.859.248,86
2.804.306.811,00
-1.263.447.562,14
Goiás
5.574.250.551,47
-176.621.016,75
Amazonas
6.283.046.181,11
3.918.321.477,20
2.364.724.703,91
Espírito Santo
3.639.995.935,80
Santa Catarina
5.239.089.364,89
8.240.544.325,40
Minas Gerais
26.555.017.384,87
Paraná
21.686.569.501,93
9.219.952.959,85
Rio Grande do Sul
21.978.881.644,52
12.779.811.535,90
Rio de Janeiro
101.964.282.067,55
85.959.238.712,76
São Paulo
204.151.379.293,05
22.737.265.406,96
181.414.113.886,09
Maranhão - O que recebe mais esmola, seguido da Bahia e do Pará.
São Paulo - O que dá mais esmola. Agora você entendeu o porquê da popularidade de Lula e do PT lá em cima, e de sua impopularidade aqui embaixo?
Dos 26 Estados da Federação:-
18 = Dão Prejuízo (Recebem pra Viver)
08 = Dão Lucro (Pagam pra Viver)
Dos 8 que pagam (317.118.509.459,69) 1 só (São Paulo = 181.414.113.886,09) paga mais que os outros 7 juntos (135.704.395.573,60)!
O Estado de São Paulo BANCA o resto do Brasil