2 de fevereiro de 2008

Conseqüências negativas dos atos de Matilde Ribeiro

Escândalo levou Matilde a 'pedir' exoneração

Minha esposa, bióloga Caroline Silva, negra, mãe de minha filha Sofia, também negra, está bastante amargurada com o péssimo exemplo dado pela então ministra da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Matilde Ribeiro (FOTO).

Caroline chegou a aplaudir em diversas oportunidades o governo do presidente Lula, por ter aberto tanto espaço para os negros brasileiros. E a pessoa de Matilde para ela, era vista como um triunfo. Por meio de Matilde, minha esposa se sentia valorizada e respeitada em seus direitos.

No entanto, essa valorização e o gosto de andar de cabeça erguida por estar representada no governo federal na pessoa de Matilde, despencou quando a grande mídia passou a noticiar o escândalo do cartão corportativo.

Caroline está arrasada. E não para de questionar o assunto comigo. "Como Matilde gastou R$ 171 mil no cartão, com diárias, aluguel de carros, hospedagem, compra em loja livre de taxas de importação em aeroportos, etc "?

A notícia que o maior gasto da ministra durante as viagens foi para pagar aluguel de carros: 94 dessas operações somaram R$ 118.683,17, para deslocamentos dentro de cidades, regiões metropolitanas e comunidades quilombolas, deixou Caroline indignada.

De fato, tenho que concordar com a mãe de minha filha. E pela sua depressão em relação ao assunto, chego a pensar que todos os negros brasileiros tenham, de igual modo, sentido a mesma vergonha e indignação pelo que Matilde Ribeiro fez com o dinheiro da Nação.

Esperamos que a pessoa a substituir Matilde na Secretaria de Igualdade Racial pense muitas vezes antes de pisar na bola, cometendo algo que venha envergonhar minha família.


Um comentário:

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com