30 de setembro de 2009

Uma trapalhada nunca antes vista na história deste País

Só agora resolvi me manifestar sobre este tema que ganhou as manchetes dos jornais do mundo todo.

Começo com uma pergunta:

O que diabos o presidente do Brasil quer se metendo numa briga que lhe é totalmente alheia?

Nessa disputa entre o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, com o presidente golpista, Roberto Micheletti, não se pode afirmar racionalmente quem está certo e quem está errado.

Manuel Zelaya é um Fidel Castro ou Hugo Chávez da vida, ou seja, um populista de esquerda. Pretendia se manter perpetuamente no poder, conquistando, para tanto, a simpatia da massa com programas assistencialistas e agradando, de outra forma, os grandes empresários e banqueiros. (qualquer semelhança com certo país tropical não é mera coincidência).

O presidente do Congresso e seu inimigo político, Roberto Micheletti, prevendo o golpe na democracia prestes a acontecer, promoveu o golpe militar, o que também é errado.

Não caberia ao Brasil, de forma alguma, entrar nesta disputa dizendo quem está certo e quem está errado. É apenas mais uma trapalhada do nosso cômico e trágico Ministério das Relações Exteriores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com