1 de março de 2010

PARA REFLETIR - A quiromante e a centopeia

Um dia a centopeia foi consultar uma quiromante. A centopeia queria saber se o seu namorado gostava dela. Na verdade, ela queria saber se o namorado casaria com ela, mas achava que se ele gostasse dela, já era meio caminho andado para o casório.

Daí então a centopeia deu um susto na quiromante. Porque a quiromante já tinha lido o futuro em muitas mãos. Já havia visto as linhas do coração, da cabeça e da vida, em centenas de palmas. Mas nunca tinha topado antes com tantas mãos para ler de uma só vez. E muito menos tantas mãos em uma só pessoa.

A quiromante arregaçou as mangas e enfrentou o maior desafio de sua carreira de profissional leitora das linhas das mãos, onde está escrito a verdade.

E leu a primeira mão da centopeia. E viu que o namorado da centopeia casaria com ela sim. E leu a segunda mão da centopeia. E viu que o namorado da centopéia não casaria com ela.

Acontece que a centopeia chega a ter 170 mãos. E deu empate. 85 mãos diziam que sim, 85 mãos diziam que não. Mas a centopeia saiu contente.

Preferia acreditar que a metade dos sim era mais forte que a metade dos não. E a quiromante também ficou feliz. Tinha acertado na leitura de todas as mãos da centopeia. Afinal o futuro era isso mesmo. Metade certezas metade dúvidas.

Moral da história...Você é quem deve decidir em que acreditar.

Por isso acredite sempre mais que vai dar certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com