15 de março de 2010

PARA REFLETIR

A DOENÇA MAIS CONTAGIOSA DO MUNDO

Há uma história sobre um fazendeiro que ansiosamente cumprimentava cada novo dia com um ressonante: - Bom dia, bela manhã! Ele morava perto de uma mulher, cuja saudação matutina era sempre igual. - Mais um dia de luta dura. Um era exatamente o contrário do outro. Ele via o positivo, ela o negativo.

O que o deixava satisfeito, à ela deixava descontente. Uma luminosa manhã e ele exclamou: - Olhe que bonito céu! Você viu que amanhecer glorioso? - Ora, ela respondeu. Ficará tão quente que queimará toda a colheita! Durante uma tarde chuvosa, ele comentou: - Isto não é maravilhoso?

Hoje a mãe natureza está dando o que beber ao milho! - E se não parar logo, veio a resposta azeda, vamos nos arrepender por não ter feito seguro contra inundação nas colheitas! Convencido que ele poderia melhorar um pouco aquela atitude endurecida, ele comprou um cachorro notável. Não um vira-lata qualquer, mas o cachorro mais caro, altamente treinado.

O animal era primoroso! Assim ele a convidou a assistir as ações de seu cachorro. - Vá buscar! Ele comandou lançando uma vara em um lago e a vara flutuou. O cachorro, esperto, aguardou que a vara se aproximasse da margem, caminhou pela água e recuperou a vara. - Viu que cão esperto?

O que você acha disto? Ele perguntou entusiasmado e sorrindo. - Hummm, ela carranqueou. Ele não sabe nadar, não é? O pensamento negativo é a doença mais contagiosa do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com