12 de agosto de 2010

Ou o Brasil acaba com a "Burrocracia"...

Alguém já disse que ou o Brasil acaba com a burocracia ou a burocracia vai acabar com o Brasil. Nós não temos porque duvidar disso. Basta que nos debrucemos em cima dos números que são reais.

Imaginem que a cada ano o custo dessa burocracia para as empresas brasileiras é de 46 bilhões e 300 milhões de reais. Não me perguntem como foi que chegaram a esses números. Mas, a eles nós damos todo o crédito.

E eu só sei que eles também deixam o que pensar. Em primeiro lugar, essa onerosa burocracia muito bem poderia ser chamada de "burrocracia".

Eu também tomei conhecimento de que se algumas dessas nossas rotinas administrativas fossem simplificadas isso resultaria fatalmente num crescimento de 17 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) "per capita" no Brasil.

Então, não é moleza o prejuízo que estamos tomando por conta, repito, dessa burocracia onerosa. Agora, se formos a um comparativo quanto aos números dessa triste realidade, aí é que nós todos ficaremos estupefatos.

Por exemplo, esses 46 bilhões e 300 milhões de reais, por ano, levados à máquina pública, representam um quantitativo superior aos investimentos alocados para o saneamento básico a ser implemento no quadriênio compreendido entre 2011e 2014, este último o ano da Copa do Mundo.

Caso houvesse uma maior racionalidade o serviço público disporia de recursos suficientes para universalizar a oferta d'água tratada e o próprio esgotamento sanitário no Brasil. Setorialmente, o cenário mais grave ocorre com as demandas tributárias nas três esferas de governo.

Por essas e outras, os mais renomados analistas e economistas de plantão constataram que a prevalecer esse padrão de dificuldade, o nosso querido Brasil não terá tão cedo uma economia vigorosa e dinâmica.

Ao que nós acrescentamos: convenhamos que isso tudo é profundamente lamentável. Emery Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com