7 de junho de 2014

Em manifesto, parlamentares do PMDB defendem ruptura com o PT


Um bloco independente do PMDB promete esquentar o clima da convenção nacional do partido, marcada para terça-feira (10), em Brasília (DF). Uma demonstração disso é um manifesto que vem sendo divulgado pelos líderes do grupo em defesa da ruptura com o PT. Integram esse movimento parlamentares peemedebistas como os senadores Pedro Simon (RS) e Jarbas Vasconcelos (PE) e os deputados gaúchos Darcísio Perondi, Alceu Moreira e Osmar Terra. O grupo pretende se contrapor à corrente que defende a manutenção da aliança com Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB) para as eleições de outubro.
No documento, intitulado “Carta ao companheiro do PMDB”, o grupo faz uma série de críticas à administração petista, apesar de o partido ocupar a vice-presidência da República e comandar ministérios e outros órgãos federais importantes. “O Brasil vive, nos anos recentes, um período de retrocessos. A educação pública está piorando. A saúde não tem merecido prioridade do governo federal. A violência aumentou vertiginosamente”, sustenta o manifesto . A corrente independente diz ainda que as gestões do PT não conseguiram enfrentar problemas de infraestrutura e no setor elétrico, além da burocracia e da volta da inflação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com