15 de dezembro de 2015

Polícia Federal também faz buscas na Câmara dos Deputados

As ações da Polícia Federal chegam ao Congresso nesta terça-feira (15/12). Mandados de busca e apreensão são cumpridos na diretoria-geral da Câmara dos Deputados. Desde o começo da manhã, a Operação Catilinárias, feita em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF), cumpre 53 mandados em vários estados, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), referentes a sete processos instaurados a partir de provas obtidas na Operação Lava-Jato.
A residência oficial do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é um dos principais alvos. Desde cedo, dezenas de viaturas e policiais cercam os arredores, na Península dos Ministros, no Lago Sul. O advogado do parlamentar está no local. A presença de Eduardo Cunha no local, no entanto, não foi confirmada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com