10 de maio de 2017

Justiça mantém depoimento de Lula para hoje e veta gravação

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Félix Fisher negou recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e manteve o interrogatório marcado para esta quarta-feira (10), na Justiça Federal do Paraná.

A defesa do petista queria que o processo, instaurado no âmbito da Operação Lava Jato, fosse suspenso para que os advogados tivessem acesso total a documentos da Petrobras anexados aos autos (estima-se que o arquivo tenha mais de 100 mil páginas), além de mais três meses para análise desse material.

O ex-presidente ainda pode recorrer do indeferimento do habeas corpus, mas não a tempo hábil de interferir no depoimento marcado para 14h de hoje em Curitiba. Dessa forma, o primeiro depoimento que Lula dará pessoalmente ao juiz Sergio Moro está confirmado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com