27 de fevereiro de 2008

Teus braços...

Por Rejane Tach
São lindos teus braços abertos
Sob o fluxo da superfície infinda
Que te abraça
Feito um bailarino no céu...

Tenho essa imagem guardada
E navego singrando os ares
Na ponta dos teus dedos, deliro

Defino tuas linhas como as de um deus
Que vai abraçar a Terra
Pendido como um ser eterno
E tudo que existe aqui, é teu

Irresistível segredo é o que te faz
Um pouquinho meu
Porque ainda te guardo na mente
Com os braços abertos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com