2 de dezembro de 2008

Deu na Gazeta: "Promotor requer cassação de prefeito em Tangará "

"O promotor de Justiça Reinaldo Rodrigues de Oliveira Filho ingressou ontem com uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito reeleito Júlio César Ladeia (PR), de Tangará da Serra (a 240 km de Cuiabá).

Ele pede a cassação do mandato do republicano, indisponibilidade dos bens e a decretação da perda dos direitos políticos por oito anos devido ao mau uso do dinheiro público na contratação de agências de publicidade.

O promotor alega que a contratação é irregular porque a Prefeitura já conta com servidores especializados na área de comunicação social e os gastos teriam aumentado.


Em junho passado, Ladeia já havia assinado um termo de recomendação em que se comprometeu a encerrar o contrato com a Lamego Publicidade porque o gasto no período eleitoral superou a média de investimentos dos três anos de mandato. Além da perda do mandato e dos direitos políticos, o promotor também pede à Justiça que obrigue o prefeito a devolver R$ 20 mil.


"As investigações demonstram que, em 2005, foram gastos R$ 116,3 mil com publicidade institucional. Em 2006, foram mais de R$ 400 mil. Em 2007, o valor chegou a R$ 945,7 mil. Somente de janeiro a junho, chegou a R$ 549,5 mil", relata o promotor.


Júlio já havia sido condenado a multa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) porque os gastos com publicidade não apresentaram justificativa para os valores acrescidos aos contratos e desobediência ao limite máximo de 25% legalmente permitido para acréscimos.



Outro lado - O prefeito não foi encontrado ontem para comentar o assunto."


Um comentário:

  1. Não sei se seria justo a promotoria retirar do poder nosso prefeito, pois afinal já existe um ditado milenar desde primórdios que diz que o povo apenas tem o governo que merece,Tangará apenas esta tendo o seu, então se democraticamente elegeram e reelegeram um corrupto, nada mais justo que democraticamente também paguem seus pecados por mais quatro anos.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com