23 de janeiro de 2009

TRE mantém prefeitos no cargo

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) negou na noite ontem dois agravos regimentais que tentavam derrubar as liminares que garantiram a posse aos prefeitos Ronan Figueiredo Rocha (PMDB), em Poxoréu, e Francisco de Assis dos Santos, o Diá (PT), em Ribeirão Cascalheira.

O peemedebista foi cassado em primeira instância pela suposta prática de compra de votos, mas obteve decisão favorável junto ao TER, o que garantiu sua diplomação.

A tentativa de derrubar a liminar partiu da coligação ‘Força do Trabalho’, encabeçada pela candidata Jane Sanchez Lopes (PP), segunda colocada no pleito.

Já em Ribeirão Cascalheira, o registro de candidatura do prefeito eleito Francisco Assis dos Santos, o Diá, foi cassado no final de novembro também pela devida suposta prática de compra de votos, denunciada por meio de uma gravação.

A coligação ‘União pelo Avanço de Ribeirão Cascalheira’, liderada pelo candidato Adário Carneiro (DEM), tentava derrubar a liminar expedida pelo desembargador Leônidas Duarte Monteiro que assegurou a posse do petista. O Diário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com