18 de março de 2010

JORNALISTAS

Um primor a colocação de Neno Cavalcanti ontem no seu espaço no Diário do Nordeste. Ele escreveu: "Sempre considerei que a imprensa erra menos pelo que diz de bom, embora falso, e mais pelo que deixa de revelar, sendo verdadeiro. Isso significa que as omissões são muito mais graves do que os elogios fáceis, ainda que em troca de dinheiro, o que tem sido muito comum no caso de alguns tipos - uma minoria, felizmente, que ingressa na nobre profissão de jornalista como meio de enriquecimento pessoal". Valeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com