5 de junho de 2011

O cerco está se fechando para Palocci

Palocci, que deu entrevista sobre sua empresa, é alvo de nova denúncia
Antonio Palocci, que deu entrevista na semana passada à tevê Globo sobre sua empresa, é alvo de nova denúncia. Ministro da Casa Civil, o principal assessor  de Dilma vive em um apartamento cujo proprietário é uma “empresa de fachada que está em nome de um laranja”, segundo publicado na edição deste sábado (4) na revista Veja. O valor do imóvel, em São Paulo, seria de R$ 4 milhões.

De acordo com a reportagem, o apartamento alugado por Palocci tem 640 metros quadrados e fica no bairro Moema. O dono é a empresa Lion Franquia e Participações Ltda, que pertence formalmente a um laranja de 23 anos “que mora em um casebre de fundos na periferia de Mauá, no ABC Paulista, ganha R$ 700 por mês e teve o celular bloqueado por falta de pagamento”.

O laranja, ainda segundo a revista, seria Dayvini Costa Nunes, com 99,5% da empresa, e Felipe Garcia dos Santos, com 0,5%. Felipe tem 17 anos, mas foi emancipado no ano passado.

Neste sábado, a assessoria de imprensa da Casa Civil divulgou uma nota de esclarecimento na qual afirma que o ministro não pode ser responsabilizado por “atos ou antecedentes do seu locador”.

Palocci e sua família, informa a nota, nunca tiveram contato com os proprietários do apartamento, “tendo sempre tratado as questões relativas ao imóvel com a imobiliária responsável indicada pelos proprietários”.

A assessoria afirma que o imóvel foi alugado em 2007 por indicação da imobiliária Plaza Brasil e renovado em fevereiro do ano passado. O contrato “foi firmado em bases regulares de mercado” entre Palocci e os proprietários Gesmo Siqueira dos Santos, sua mulher, Elisabeth Costa Garcia, e a Morumbi Administradora de Imóveis.

A nota esclarece ainda que revista Veja não procurou a Casa Civil para obter explicações, “motivo pelo qual estes esclarecimentos não constam da reportagem”.

Veja a íntegra da nota divulgada pela assessoria de comunicação da Casa Civil:

Esclarecimentos em relação a reportagem publicada pela revista Veja:

1. O imóvel em que vive a família do ministro Antonio Palocci Filho em São Paulo foi alugado em 1º de setembro de 2007 por indicação da imobiliária Plaza Brasil, contatada para este fim.

2. O contrato foi firmado em bases regulares de mercado entre Antonio Palocci Filho e os proprietários Gesmo Siqueira dos Santos, sua mulher, Elisabeth Costa Garcia, e a Morumbi Administradora de Imóveis.

3. O contrato foi renovado em 1º de fevereiro de 2010 entre Antonio Palocci Filho e a Morumbi Administradoras de Bens, sucessora da Morumbi Administradora de Imóveis.

4. Os alugueis são pagos regularmente através de depósitos bancários, dos quais o ministro dispõe de todos os comprovantes.


5. O ministro e sua família nunca tiveram contato com os proprietários, tendo sempre tratado as questões relativas ao imóvel com a imobiliária responsável indicada pelos proprietários.

6. O ministro, assim como qualquer outro locatário, não pode ser responsabilizado por atos ou antecedentes do seu locador.

7. A revista não informou o teor da reportagem ao ministro ou a sua assessoria, motivo pela qual estes esclarecimentos não constam da reportagem.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com