14 de fevereiro de 2012

Petralhas, dogmas e mentiras

Quem não se lembra da então ministra Dilma Rousseff respondendo ao senador Agripino Maia, no senado, que quis mostrá-la como alguém não confiável, por ter a mesma afirmado que mentiu sob tortura? Dilma respondeu: “a mentira, nem sempre é maléfica, alías em muitos casos ela é uma virtude e sinal não de covardia, mas de coragem.”

Agora não estamos falando mais em mentir sob tortura, mas, mentir para seu eleitorado, para o povo, ou será que ela continuaria dizendo que a mentira, nesse caso, também é uma virtude, quando disse que não iria fazer privatizações, que respeitaria a liberdade de imprensa, e a não repressão a grevistas e alianças com partidos espúrios?

O PT comemorou seus 32 anos colidindo com alguns dogmas que o marcaram como um partido de massa. O PT privatizou, desceu o cacete nos grevistas e continua fazendo alianças com partidos que representam o que há de pior no “centro-direita”.

Como sempre os petralhas renegaram privatizações para as concessões à iniciativa privada dos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Viracopos. E tiveram a cara de pau profissional de classificar a repressão vigorosa, coordenada pelo governador petista Jaques Wagner e por Dilma, à greve da polícia militar da Bahia. O feio mesmo foi à falta de explicações para a aliança com o PSD de Gilberto Kassab, em SP, em benefício da candidatura de Fernando Haddad patrocinada por Lula.

O companheiro de armas de Dilma durante a ditadura, o mensaleiro José Genoíno admitiu que o PT amadureceu e disse: “a paisagem da janela que se vê da oposição é diferente da que se vê quando está no governo”... bonitinho, mas ordinário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com