24 de junho de 2014

Colômbia goleia Japão na “despedida” da Arena Pantanal

MÍDIA NEWS
A Colômbia confirmou o seu favoritismo e venceu o Japão por 4 a 1, na ultima partida da Copa do Mundo de 2014 nesta terça-feira (24), na arena Pantanal, em Cuiabá.

Com a maioria dos 40.340 torcedores, a Colômbia dominou a maior parte do jogo. O Japão esboçou alguma reação, mas falhou na conclusão do seu ataque.

A goleada de 4 a 1 dos colombianos mostrou o confronto da escola sul-americana, que é tradicional em Copa do Mundo, e a japonesa, que tem pouca experiência em competições desse tipo.

O primeiro gol foi marcado aos 16 minutos do primeiro tempo, após o juiz português Pedro Proença apontar falta dura da defesa japonesa em cima de Juan Cuadrado, dentro da grande área.

Ele cobrou o pênalti e abriu o placar na Arena Pantanal, para delírio da torcida colombiana.

A equipe japonesa acordou e foi em busca do empate, que veio apenas aos 45 minutos do primeiro tempo, com gol de Shinji Okazaki.

No retorno ao campo, no segundo tempo, a Colômbia voltou a dominar o jogo, com Jackson Martinez marcando dois belos gols, aos 10 e aos 36 minutos.

Sem mostrar mais ânimo para reagir, a seleção japonesa praticamente se entregou, perdendo definitivamente a chance de seguir para as oitavas de final.

Aos 44 minutos, o golpe final: James Rodriguez marcou o quarto gol da Colômbia, para alegria da torcida, que gritava “olé” a cada passo trocado pelos jogadores.

Homenagem

O segundo tempo também foi marcado pela homenagem dos “cafeteiros” ao seu goleiro mais antigo, Faryd Mondragón.

Com 43 anos e disputando a sua 5ª Copa do Mundo, Mondragón entrou em campo aos 38 minutos, no lugar do goleiro David Ospina, que saiu do jogo aplaudido pela torcida.

Com esse feito, Mondragón entrou para a história como o jogador mais velho a disputar uma Copa do Mundo.

Público

Com 159 torcedores a mais, o recorde de público na Arena Pantanal é do terceiro jogo disputado na Capital, entre Nigéria e Bósnia e Herzegovina, no último sábado (21).

No final da Copa, o “jogo que ninguém queria ver” teve a participação de 40.499 pessoas.

Confira abaixo o vídeo do momento da "ola" feita pelo público na Arena Pantanal:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com