7 de outubro de 2014

Policiais federais pressionam para votar reestruturação da categoria

brasao policia federalCerca de 700 policiais federais, entre agentes, escrivães e papiloscopistas, estão na Câmara dos Deputados desde cedo para pressionar os deputados a votar a Medida Provisória 650/14, que reestrutura a carreira da Polícia Federal (PF). Em negociação com o Ministério do Planejamento, os servidores do órgão aceitaram um aumento de 15,8%, dividido em duas parcelas (2014 e 2015).
O presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal, Flávio Werneck, admite a dificuldade de atingir o quórum mínimo de 257 deputados para abrir a sessão e votar o texto. “Há boa vontade do governo em cumprir o acordo com os policiais, estamos aguardando o quórum”, afirmou.
Werneck também disse que existe um lobby de delegados de polícia para impedir a votação da medida provisória. Segundo ele, os delegados estariam querendo incluir uma emenda para garantir a sua equiparação aos integrantes do Ministério Público. Vários policiais ocupam as galerias do Plenário para acompanhar a sessão ordinária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com