12 de novembro de 2014

MT foi segundo mais violento em 2013


Três pessoas por dia foram mortas de forma violenta nos últimos dois anos em Mato Grosso. Conforme dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, o Estado teve o segundo maior aumento no número de homicídios em 2013. A elevação fez com que Mato Grosso pulasse de 10º para 7º no ranking de homicídios por habitantes.

De acordo com o estudo, realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 2.199 pessoas foram vítimas de crimes violentos letais intencionais, que incluem homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida da morte, entre 2012 e 2013.

Foram 1.047 mortes violentas em 2012 e 1.152 em 2013, um aumento de 10%. Os dados colocaram o Estado na contramão do país, que apresentou uma redução de 2,6% no número de mortes violentas.


Segundo a pesquisa, Mato Grosso teve um aumento de 7,2% no número de homicídios dolosos de 2012 para 2013, sendo o segundo estado que mais registrou aumento dos índices no período, perdendo apenas para o Ceará, que teve uma alta de 16,5%.

Foram 1.041 homicídios registrados em 2013 contra 948 de 2012. O número fez com que o Estado subisse a taxa de homicídios por habitantes, saindo da 10ª posição para a 7ª. Em 2012, eram 30,4 mortes para cada 100 mil mato-grossenses. Em 2013 o número subiu para 32,6 para cada 100 mil. Na Região Centro-oeste, o Estado ficou atrás apenas de Goiás, que registrou 39,9. Ainda assim, Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal contabilizaram redução de mortes no período.

Alagoas permaneceu como o estado mais violento, com 64,4 mortes para cada 100 mil. Santa Catarina é o menos violento, com 10,8 mortes para cada grupo de 100 mil.

O número de tentativas de assassinatos também disparou em Mato Grosso. Foram 1.806 tentativas em 2013, contra 1.399 em 2012, um aumento de 29%. Porém, de acordo com o anuário, diminuiu o número de homicídios culposos, sem a intenção de matar, de 36 casos para 12, e o número de mortes sem esclarecimento, de 298 crimes sem solução em 2012 foi para 260 no ano seguinte.

LATROCÍNIO – O número de latrocínios, roubo seguido de morte, teve um aumento em Mato Grosso de 14,7% no Estado, saindo de 40 casos em 2012 para 47 em 2013. A taxa no Estado foi de 1,5 roubou para cada grupo de 100 mil habitantes.

ROUBOS – O Anuário ainda identificou um aumento de 10,1% no número de roubos em 2013. Em todo o Estado, foram registradas 15.192 ocorrências, já em 2012 haviam sido registradas 13.762. O número de roubos a veículos foi um dos mais alarmantes, um aumento de mais de 30% em 2013, com 3.282 veículos roubados no último ano contra 2.515 em 2012. Diário de Cuiabá


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com