15 de fevereiro de 2015

PSOL propõe pacote anticorrupção

O Radar on line, da Veja, destaca que Randolfe Rodrigues apresentou um pacote de projetos de lei anticorrupção. Um deles dobra a pena para a formação de cartel com o objetivo de fraudar licitações. Outro aumenta as previsões de prisão preventiva. O terceiro determina que o inquérito não é interrompido ao ser encontrado fortuitamente o envolvimento de alguma autoridade com foro privilegiado.
Finalmente, um quarto prevê que seja feita a prisão em flagrante quando, durante uma interceptação telefônica, os investigadores ouvirem alguém cometendo um crime. Atualmente, o grampo não é interrompido para que seja configurada a prática do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com