7 de março de 2015

É muito grave presidentes do Senado e Câmara na lista, diz cientista

renan-e-cunha
O cientista político e professor da USP José Álvaro Moisés considerou muito grave o fato de os presidentes das duas maiores casas legislativas do País, o Senado e a Câmara, respectivamente Renan Calheiros (PMDB-AL) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ) estarem na lista de políticos que serão investigados no âmbito da Operação Lava Jato, que apura esquema de corrupção na Petrobras.
Em entrevista à rádio Estadão, o cientista político disse que é preciso ver primeiro se as acusações irão ou não se confirmar, mas o fato de os nomes constarem da lista é grave. José Moisés lembrou da CPI dos Anões, que acabou provocando a cassação do mandato do então presidente da Câmara dos Deputados Ibsen Pinheiro, filiado ao PMDB do Rio Grande do Sul. “Só que a situação hoje é mais grave”, disse, citando as crises econômica e política. Na sua avaliação, a gravidade do momento ocorre também porque o próprio governo federal não consegue administrar essas crises. E disse que essa crise tem que resultar na elaboração de uma reforma política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com