25 de maio de 2015

Dois homens são mortos a tiros com as mãos amarradas em fazenda

Alexandre Alves
Foto: Reprodução
As vítimas tiveram as mãos amarradas para trás com fios e fitas adesivas antes de serem mortos
As vítimas tiveram as mãos amarradas para trás com fios e fitas adesivas antes de serem mortos
A Polícia Civil de Mirassol do Oeste (288 km a Oeste de Cuiabá) investiga um duplo homicídio ocorrido naquele município. Neste domingo à tarde, o gerente da fazenda Urutau encontrou, em meio a um milharal, os corpos de Elbe Peron, de 28 anos, e Weverton Antônio Biribili, 18, com sinais de tiros.

Conforme informações repassadas pela polícia, os dois estavam com as mãos amarradas para trás, caracterizando o crime de execução.  Duas motocicletas – que seriam das vítimas – foram localizadas pela Polícia Militar em uma área nas proximidades.

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) de Cáceres foi acionada para analisar o local onde foram encontrados os corpos e procurar por vestígios para ajudar na elucidação das mortes.

Os corpos foram encaminhados para exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) e liberados posteriormente para os procedimentos fúnebres. A Polícia Civil investiga o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com