17 de outubro de 2015

Imóveis da organização criminosa de Carlinhos Cachoeira devem ir a leilão

cachoeira-620Um total de 22 lotes e um barracão pertencentes à organização criminosa de Carlinhos Cachoeira devem ir a leilão. O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) obteve decisão da 11ª Vara da Justiça Federal em Goiás (JF) deferindo a alienação antecipada desses imóveis, que estavam em nome de Adriano Aprígio de Souza, ex-cunhado de Carlos Augusto de Almeida Ramos, nome real de Cachoeira, que seria o verdadeiro proprietário dos bens.
O valor de avaliação parcial dos bens supera os R$ 3 milhões e eles estão localizados nos municípios goianos de Anápolis, Caldas Novas e Goiatuba. Os imóveis foram sequestrados durante a Operação Monte Carlo, que, em 2012, desarticulou uma quadrilha que explorava jogos de azar e máquinas caça-níqueis no estado de Goiás. Eles estavam depositados sob responsabilidade de Adriano, até a decisão final dos processos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com