21 de fevereiro de 2008

Escolas com cara de prisões

Algumas escolas da rede estadual de Mato Grosso alteraram tanto a altura dos seus muros que ficaram mais parecidas com penitenciárias. Seria mesmo necessário dar essa aparência de presídio para nossas unidades escolares?

Os diretores afirmam que sim.

Segundo eles, grande parte da juventude matriculada não está querendo nada de proveitoso.

Os muros altos teriam a função de obrigar os "bagunceiros" a permacer no território da escola durante o período de aulas.

Um diretor disse ao blog que ano passado, muitos alunos deixavam as salas de aulas na hora que bem queriam e se dirigiam para o portão de saída. Como o aguarda os impediam de sair, eles simplesmente pulavam o baixo muro e iam embora.

Que situação deprimente essa! A que ponto estamos chegando. Para mantermos o aluno em sala de aula precisamos transformar nossas escolas em verdadeiras prisões... lamentável...

Um comentário:

  1. Essa questão do nossos estudantes hoje, deve ser pensada e repensada...afinal por que existe essa demanda tão grande de desinteresse do aluno pela escola?
    A evasão escolar por conta da pobreza e necessidade de trabalhar é problema sério...mas, e os que têm possibilidades inúmeras? Qual seria a causa desse desajuste desmedido? Liberdade? Falta de estímulo? Drogas? Falta de recusos das escolas? Desestrutura familiar?? O que seria????
    rejane tach

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com