2 de abril de 2009

Desconfio que debocharam de Lula em Londres


Noblat - O primeiro-ministro britânico enxertou em seu discurso diante do presidente Barack Obama o que disse ter ouvido de Lula quando esteve recentemente no Brasil. Foi uma tirada engraçada de Lula:

O primeiro-ministro e Obama riram muito.

A tirada de Lula havia coincidido com aquela outra de gosto duvidoso sobre os brancos de olhos azuis responsáveis pela crise econômica que atropela o mundo.

Hoje, em Londres, Obama decretou que Lula "é o "político mais popular da Terra". Ele fez o comentário em uma roda de líderes mundiais, pouco antes do início da reunião do G20, em uma sala de conferência do Excel Center, em Londres.

Ao trocar um aperto de mãos com Lula, Obama olhou para o primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, e disse, apontando para Lula: "Esse é o cara! Eu adoro esse cara!".

Em seguida, enquanto Lula cumprimentava Rudd, Obama repetiu: "Esse é o político mais popular da Terra". Rudd aproveitou e disse também: "O mais popular político de longo mandato".

- É porque ele é boa pinta - acrescentou Obama.

O político mais popular da Terra é Obama. Porque é o primeiro presidente negro dos Estados Unidos e atrai multidões por onde passa.

Obama quis ser simpático com Lula - e foi. De fato deve ter gostado dele quando o recebeu na Casa Branca.

Atualização das 16h59 - Uma vez postados aqui mais de 100 comentários em tão pouco tempo, acrescento algo que guardei. A gozação, deboche ou brincadeira de Obama com Lula reforça a posição de Lula entre os negociadores da crise. Digo melhor: a posição do Brasil.

Isso interessa a Obama porque o Brasil é o mais forte aliado dos Estados Unidos na América Latina. Tomou essa condição da Argentina e a vem aprofundando.

Lula foi pragmático o bastante para se tornar amigo de Bush - para quem telefonava quando acordava invocado. Pelo menos disse que fez isso uma vez.

Continua sendo pragmático para se empenhar na conquista de Obama.

Deve estar nas nuvens com o que ouviu de Obama - descontado o exagero. Mas tem os pés no chão e sabe que países não têm amigos, têm interesses.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com