3 de março de 2010

Altercom é criada para defender interesses da mídia independente

Empresas e empreendedores independentes criaram a Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação - Altercom, que tem como objetivo defender os direitos e interesses de editoras, sites, produtoras de vídeo, de rádio, revistas, jornais, blogueiros e agências de comunicação independentes.

A ideia já vinha sendo discutida há algum tempo, mas os detalhes para a criação da entidade foram discutidos no último sábado (27/02), em um encontro com mais de 60 representantes, entre empresas e empreendedores, na capital paulista.

A entidade pretende se contrapor a associações como Abert, ANJ, ANER, entre outras que representam grandes empresas de comunicação. Os detalhes da formação, como estatuto, registro em cartório, escritório, direção e site, devem ser definidos nos próximos 20 dias.

“A Altercom pretende representar os interesses econômicos dos filiados, como lutar contra o monopólio de distribuição que é controlado pelo Grupo Abril. Nesse caso, uma entidade como essa entraria com uma representação no Cade.

Além disso, atuar em rede e fazer um trabalho de troca de informações já é positivo para nós”, defende Renato Rovai, diretor da revista Fórum.

A associação também representará blogueiros que, muitas vezes, têm que enfrentar ações judiciais sem ter recursos para arcar com os custos processuais. Os associados pagarão uma pequena contribuição, mas com valores diferenciados para empresas e empreendedores individuais.

Eduardo Guimarães, blogueiro e fundador do Movimento dos Sem Mídia, defende a criação da Altercom, mas não sabe até onde a entidade poderá ter voz contra a grande mídia. “A intenção é fazer com o que os veículos sejam representados e que os empreendedores tenham o mínimo de condições.

Mas crescer na mesma altura da grande mídia é um devaneio, eu tenho minhas dúvidas sobre até que ponto se pode chegar”, declarou.Izabela Vasconcelos, de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com