10 de janeiro de 2011

Acidente expôs ainda mais fragilidade do sistema público de saúde de Tangará da Serra

Imagens: Renan Coelho

Itamar conduzia este ônibus e morreu na hora do acidente

Ônibus que transportava trabalhadores rurais ficou destruído

Um dos ônibus envolvidos no acidente ocorrido na manhã desta segunda-feira (10) em Tangará da Serra pertence à Fazenda Maeda, localizada no município de Dimantino. Diferente do que informou este blog, em nota postada ao meio dia.

Na pressa da notícia noticiamos que este ônibus pertenceria ao municipio de Tangará da Serra. Divulgação errada.

Informações mais apuradas apontam que este veículo levava trabalhadores de Tangará para a Maeda. E, de acordo com informações de um popular que teria visto o acidente, uma peça pode ter se soltado do ônibus levando-o a se descontrolar na pista podendo dair ter contribuído para a ocorrência da tragédia.

Como registramos, esse grave acidente deixou uma pessoa morta, o motorista do ônibus da TUT, Itamar Santos Paes de 38 anos que morreu na hora e mais de 50 pessoas feridas. Calcula-se que mais de 60 eram transportadas nos dois veículos.

De acordo com informações da Unidade Mista de Saúde, entre as pessoas gravemente feridas, estariam crianças e uma pessoa idosa.

Este foi um dos mais graves acidentes já registrados em Tangará da Serra. Pior: expôs uma situação no mínimo preocupante para uma cidade do seu porte. A cidade não tem estruturas para atender a tragédia.

O município não tem hospital público e os hospitais da rede particular não apresentam grandes estruturas. Um quesito para as autoridades públicas do município resolverem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com