22 de junho de 2014

Operação da PM apreende avião com 500 quilos de pasta base de cocaína

MAIS GOIÁS

A Polícia Militar apreendeu na tarde deste sábado (21/06) cerca de 500 quilos de pasta base de cocaína.

A droga foi interceptada na zona rural de Santa Helena, cidade localizada a 210 quilômetros da capital, em ação conjunta entre a Companhia de Operações Especiais (COE) e o Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer).

A pasta base, que era transportada em uma aeronave modelo Cessna 210L, seria distribuída em Goiás e Minas Gerais.


A apreensão foi feita em uma das seis pistas clandestinas descobertas pelos policiais militares, no momento que a droga era descarregada da aeronave para um uma pick-up. Durante a operação, o piloto da aeronave, Ivan Fernandes de Carvalho, 69, acabou sendo baleado no braço e no pé esquerdo, quando tentava fugir do local. Ele foi encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) logo em seguida.


Na força-tarefa, os policiais militares prenderam também Adalto Martins Ferreira, 43, com mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. Apontado como o proprietário da droga, Adalto foi encaminhado à sede da Polícia Federal, em Goiânia.


Além da pasta base de cocaína e da aeronave avaliada em R$ 500 mil, os militares apreenderam também a pick-up, um revólver calibre 38, uma pistola de pressão, munições, celulares, três rádios comunicadores, um colete balístico e R$ 10 mil em espécie.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com