26 de fevereiro de 2015

Pé no Bairro cobra solução para problema de terrenos baldios e sujos na área central de Brasnorte

O “Projeto Pé no Bairro” recebeu nesta semana, mais de 100 mensagens de moradores de Brasnorte, apontando problemas que requerem ação imediata do poder público municipal.

Um desses problemas é sobre a razoável quantidade de terrenos baldios localizados no centro da cidade. Os imóveis, quase todos de esquina, estão cobertos por mato, causando transtornos de toda natureza.

Um das mensagens chegadas ao Pé no Bairro coloca que por conta do matagal nesses terrenos, está difícil até mesmo dirigir pelas ruas centrais. “O mato alto nos terrenos de esquina acaba tirando nossa visibilidade no trânsito e nos expondo a perigo, risco de acidentes e outros problemas”, diz.

Já os moradores próximos dos terrenos baldios, reclamam de proliferação do caramujo africano e risco de formação de criadouros do mosquito da dengue.

Assim, resta ao Projeto Pé no Bairro cobrar das autoridades competentes ação imediata para resolver a negativa situação. Pelo bem da sociedade, claro. VEJA ALGUMAS DAS VÁRIAS IMAGENS CAPTADAS NA MANHÃ DESTA QUINTA-FEIRA PELA EQUIPE “PÉ NO BAIRRO:





Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com