1 de abril de 2015

"OPERAÇÕES FRAUDULENTAS": Eder volta a ser preso pela PF na 7ª fase da Operação Ararath

O ex-secretário de Estado Eder Moraes voltou a ser preso pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (1º), em sua residência no Condomínio Florais, durante a sétima fase da Operação Ararath.

As informações são extraoficiais e dão conta de que a prisão foi decretada porque Eder estaria vendendo imóveis de sua propriedade.

Conforme as investigações da PF, foi descoberto que investigados da Ararath realizaram operações imobiliárias fraudulentas, com valores inferiores aos praticados no mercado, e que foram adquiridos veículos de alto padrão, sempre em nome de terceiros (laranjas), com o notório intuito de ocultar a real propriedade e impedir o cumprimento de decisão judicial de sequestro/arresto de bens.

As medidas foram determinadas pelo Juízo da 5ª Vara Federal de Mato Grosso, a partir de requerimento do Ministério Público Federal (MPF) no curso da Ação Penal, sendo que a Polícia Federal instaurou inquérito policial para apurar a ocultação e a lavagem de dinheiro.


Além de constituírem crimes próprios, tais condutas também violam decisão judicial que concedeu liberdade provisória a Eder. Mídia News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com