12 de outubro de 2015

Governo confirma corrida pelo ouro em Pontes e Lacerda

Cerca de 600 pessoas invadiram uma área particular no município de Pontes e Lacerda (547 km de Cuiabá), após a divulgação de que uma grande quantidade de ouro foi encontrada no local.

A disseminação de fotos e vídeos nas redes sociais teria colaborado para que a invasão ao local fosse ainda maior.

Uma fonte do Governo do Estado confirmou a invasão na área e disse que providências já estão sendo tomadas.

Segundo apurou a reportagem, o Exército Brasileiro também já está a par dos acontecimentos e prepara uma operação para a retirada dos invasores.

Há o receio, por parte das autoridades, que a “febre do ouro” cause uma onda de violência e desordem no local, como aconteceu na década 80, em Serra Pelada, localizada no estado do Pará.

Uma fonte disse à reportagem que, a maior parte das fotos e vídeos que estão sendo postadas nas redes sociais, de fato é do local.

Provavelmente, as mesmas estariam sendo compartilhadas por grupos que chegaram primeiro à região e teriam interesse de que novas pessoas cheguem ao local, com objetivo de “ganhar dinheiro em cima disso”.

Essas mesmas pessoas, no entanto, também estariam “espalhando” fotos que não são verdadeiras, com objetivo de estimular a corrida ao local.

Há comentários inclusive, dando conta de que alguns pedaços de terra já estariam sendo comercializados na área.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com