23 de dezembro de 2007

16 delegados são investigados em Mato Grosso

O jornal A Gazeta informa neste domingo (23) que dezenove delegados de Mato Grosso são investigados pela Corregedoria da Polícia Civil.

Destes, 8 já foram presos, sendo 3 apenas este ano.

As acusações vão desde abuso de autoridade, associação ao jogo do bicho, ameaças, sequestro, extorsão, contrabando de armas, formação de quadrilha, omissão em investigação, prevaricação (abuso no exercício da função), concussão (extorsão ou peculato cometido por um funcionário público no exercício das suas funções), desvio de função, grilagem de terra, prisões arbitrárias, tortura de presos, corrupção ativa, assédio moral e sexual e até estupro de menor.

Apesar das acusações, todos continuam recebendo e atuando.

Apenas o delegado Edgar Fróes foi excluído da corporação. Ele seria o 20º investigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com