26 de novembro de 2010

Empresários tangaraenses temem prejuízos com aprovação de Lei

O Jornal da Diário da Serra destaca em capa, na edição desta sexta-feira (26) que se for aprovada a polêmica lei que estabelecerá horários de funcionamento de bares e similares em Tangará da Serra, trará consideráveis prejuízos para proprietários do setor.

O noticioso traduz o pensamento do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bares, Restaurantes, Pizzarias, Churrascarias, Lanchonetes, Boates e Similares do Estado de Mato Grosso (Sindecombares), presidido na cidade, pelo empresário Niversino Santana de Almeida.

O líder sindical, à reportagem, declarou que "assassinatos e distribuição de drogas não acontecem nos estabelecimentos de médio e grande porte", como vem acusando até mesmo algumas autoridades locais.

Niversino é favorável que se cuide mais da segurança da população, sem necessariamente regular o horário de funcionamento do comércio noturno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com