19 de março de 2015

‘Corrupção não é insuperável’, diz juiz da Operação Lava Jato

sergiomoro
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira durante a entrega do prêmio de “Personalidade do Ano”, do jornal O Globo, que o combate a corrupção é o “único objetivo comum” em uma democracia plural, em referência aos protestos realizados no País no último fim de semana. O magistrado disse acreditar que a corrupção não é insuperável e que é possível vencê-la com “apoio das instituições democráticas”.
“Por mais plural que seja a democracia, existe um consenso. Todos são contra a corrupção e todos concordam, seja aqueles à esquerda, seja à direita, que a corrupção, quando identificada e provada, deve ser punida. Brasil já enfrentou desafios muito maiores. A corrupção é mais um. Não vejo nenhum problema como insuperável. Com apoio das instituições democráticas, conseguiremos acabar com ela”, discursou o magistrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com