11 de março de 2015

Protestos do MST bloqueiam nove pontos de rodovias de Pernambuco

Grupos de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fazem protestos, que começaram por volta das 8h da manhã desta quarta-feira (11), em vários pontos do Estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), há nove bloqueios em rodovias de Pernambuco.

Manifestantes estão fechando a BR-101 Norte, no município de Goiana, na divisa com a Paraíba; a BR-232, em Moreno, na altura do Parque Aquático; a BR-408, entre Tiúma e Paudalho, na altura do quilômetro 72; a Ponte Presidente Dutra, na BR-407, em Petrolina; o quilômetro 376 da BR-316, em Petrolândia; a BR-104, na cidade de Cupira; a BR-104, na altura da estátua de Lampião, em Caruaru; a BR-232, em Belo Jardim; e a BR-423, em Águas Belas.


De acordo com Francisco Terto, que é integrante da coordenação nacional do MST, os protestos desta quarta (11) fazem parte da Jornada de Luta Nacional Pela Reforma Agrária Popular, movimento que deve acontecer durante toda a semana em 21 estados do país. "A luta começou com as companheiras, na segunda, e ontem [terça] foi o dia da luta nas instituições financeiras", explicou.

O dirigente apontou também que os grupos de manifestantes estão em vários pontos da BR no estado para pressionar o governo. "Queremos uma atenção maior para a pauta da reforma agrária, que já é bem conhecida. A questão da terra, da desapropriação e da infraestrutura que envolve os assentamentos", destacou.


Terto afirmou ainda que uma reunião foi marcada com o governador, na Palácio do Campo das Princesas, ainda na manhã desta quarta (11). "Quinze dirigentes vão participar da reuinão com o governo, para debater nossa pauta", completou. A assessoria do Governo do Estado confirmou a reunião e informou que a comissão do MST será recebida pelo governador Paulo Câmara e pelo secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota. G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com